Corinthians repudia agressões de torcedores a jogadores no aeroporto
Foto: Rodrigo Coca/SC Corinthians

Neste domingo (13), o Corinthians foi recebido com agressões por torcedores no desembarque da viagem Rio-São Paulo, após derrota para o Fluminense por 2 a 1. Os jogadores foram intimidados por parte dos protestantes e chegaram a sofrer tentativas de agressão.

Dentre os cobrados, destaca-se a intimidação a jogadores renomados no clube, como o goleiro Cássio e o atacante . Outro destaque é que Otero, recém-chegado ao clube alvinegro, não sofreu ameaças ou intimidações.

O Corinthians liberou uma nota acerca do ocorrido dizendo que “Lamenta profundamente as cenas ocorridas no último domingo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e ressalta que sempre zelará pela integridade física de atletas e funcionários”. O comunicado prosseguiu dizendo que a torcida faz muita falta ao time, neste momento incomum do futebol, mas ressaltou não compactuar com agressões e intimidações.

“Este é um ano em que a torcida do Corinthians faz enorme falta. Não ter a Fiel nos empurrando nas arquibancadas da Neo Química Arena e do Brasil, jogo após jogo, é parte de um vazio com o qual precisamos nos acostumar urgentemente. (...) Mas não acreditamos em intimidação e ameaças como forma de obter resultados esportivos. O momento pede tranquilidade, trabalho e responsabilidade conjunta. Temos plena confiança no grupo de jogadores que formamos. Conhecemos o caráter e o profissionalismo desses atletas, das conquistas de que muitos fizeram parte às situações mais difíceis deste ano. Confiamos que a resposta necessária será dada em campo”.

O próximo compromisso do clube alvinegro é contra o Bahia, na quarta-feira (16), na Neo Química Arena, pelo Brasileirão.

VAVEL Logo