Sem Gamalho, sem problemas: CRB bate Avaí com dois de Iago Dias e entra no G-4
Foto: Gustavo Henrique/CRB

No primeiro jogo sem Léo Gamalho, o CRB entrou no G-4 após bater o Avaí por 3 a 1 nesta sexta-feira (2), pela 13ª rodada da Série B. Iago Dias, duas vezes, e Diego Torres marcaram para o Galo, e Rildo descontou - ele ainda perdeu um pênalti aos 49 no segundo tempo no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Avaí começa melhor, CRB larga na frente

Dentro de uma estratégia de contra-ataque, o Avaí começou melhor, apesar dos desfalques. O time perdeu os dois laterais por lesão - Capa está fora da temporada -, além do centroavante Gastón Rodríguez. O time teve um lado esquerdo forte, com João Lucas e Vinicius Jaú bastante participativos.

Sem Léo Gamalho, negociado com o futebol do Catar, o CRB teve um ataque mais móvel. Curiosamente, porém, o gol saiu em bola levantada na área. Aos 21, Reginaldo recebeu com espaço, parou, pensou e levantou para Iago Dias, que completou livre de cabeça: 1 a 0.

O CRB terminou o primeiro tempo com 61% de posse de bola e seis a quatro em finalizações, mas, na prática, o jogo foi equilibrado. O Galo não correu muitos riscos e, com dificuldades após tomar o gol, o Avaí precisou se adaptar para tentar ser mais agressivo. Porém, apesar de algumas boas jogadas trabalhadas pelo lado, não evitou a derrota no primeiro tempo.

CRB confirma vitória justa, mas com polêmica

O Avaí voltou para a segunda etapa com Getúlio na vaga de Renatinho, tentando aumentar o poder ofensivo. Apesar da maior posse e mais finalizações do Leão no segundo tempo, as chances continuaram raras.

O CRB teve no contra-ataque a sua arma e conseguiu consolidar a vantagem em gol polêmico. Aos 17, em jogada rápida, Luidy cruzou da direita, Moacir foi derrubado e a bola sobrou para Iago Dias, que finalizou com desvio e ampliou o placar. O Avaí reclamou muito porque o árbitro apitou marcando pênalti antes da finalização do atacante, mas o juiz confirmou o 2 a 0.

Desmantelado, o Avaí teve suas chances diminuídas logo na sequência. Dois minutos após o segundo gol, Diego Torres recebeu com muito espaço na intermediária, avançou livre e encheu o pé de fora da área, mandando no ângulo de Frigeri, sem chances: 3 a 0.

Avaí desconta, mas não evita derrota

Para mudar o panorama de um time sem muitas ideias, Geninho colocou Valdívia em campo. Mesmo sem muita movimentação, ele foi bem na bola parada. O camisa 10 bateu uma falta muito perigosa aos 36, e, na sequência, cobrou escanteio na primeira trave e Rildo, com toque acrobático, completou bonito para o gol.

Aos 47, Getúlio avançou pela direita para dentro da área, deixou Reginaldo Junior para trás e cruzou para o meio, mas a bola bateu no braço de Hugo. O árbitro apontou pênalti, mas Rildo mandou por cima as últimas chances do Avaí de buscar algo no jogo.

Classificação e próximos compromissos

Com 20 pontos, o CRB sobe para a quarta colocação e agora seca a Chapecoense e América-MG para fechar a rodada no G-4. Já o Avaí permanece na décima colocação, com 16 pontos, mas ainda pode cair duas posições.

Os dois times voltam a campo já na terça-feira (6). O CRB joga diante do Confiança, fora de casa, às 17h, enquanto o Avaí recebe o Brasil de Pelotas, às 19h15.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo