Alvo de críticas, Cássio desabafa após derrota de 5 a 1: "Tudo está sobrando para mim"
Foto: Reprodução / GE

Não foi fácil para nenhum corinthiano ver seu time perder por 5 a 1 para o Flamengo na tarde deste domingo (18), em plena Neo Química Arena. Se está ruim para o torcedor imagina para o goleiro e ídolo Cássio. Ao final do jogo, em entrevista para o canal Premiere, o camisa 12 do Corinthians desabafou por mais de dois minutos, reclamando das críticas direcionadas que ele recebe.

"Jamais eu me acho maior que o Corinthians, jamais eu acho que sou intocável. Eu sou muito grato por tudo o que o Corinthians fez por mim. Mas nesse momento eu estou sendo escudo, tudo está sobrando para mim, é muita coisa. É difícil. Não acho que estou em um mau momento", disse Cássio quase chorando.

Ainda na mesma entrevista, o goleiro reclamou de que está sendo usado como escudo, sendo um "vilão" nesta má fase do Corinthians. Neste Brasileirão, já são mais de quatro falhas cruciais. Contra o Flamengo não foi diferente, já que o terceiro gol carioca, marcado por Natan, surgiu de uma saída errada do arqueiro.

"Tem todo direito de ser criticado, mas no momento que eu atrapalhar o Corinthians é melhor eu procurar outro lugar. Para mim essa foi uma das piores derrotas que sofri pelo Corinthians, eu sou ser humano. Mas vou deixar de dar a cara a tapa por isso", disse o capitão do Corinthians.

Depois da boa atuação que Walter fez contra o Athletico, as dúvidas sobre quem deve ser titular no gol corinthiano aumentaram. Cássio é ídolo, mas, como ele mesmo disse, não é intocável. Walter pede passagem e tem qualidade para ser o herdeiro do trono de Cássio. No entanto, o único que tem o poder de decisão nas mãos é o técnico Vagner Mancini.

VAVEL Logo