Vasco reage, mas apenas empata com Boavista e está eliminado no Carioca
(Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

Encerrando a décima, e penúltima, rodada do Campeonato Carioca, Boavista e Vasco se enfrentaram na noite desse domingo (18), em Bacaxá.

Em jogo agitado, com emoção até o último lance, as duas equipes empataram em 2 a 2, resultado que tirou as chances do Vasco se classificar para a semifinal do estadual. Com o resultado, o Verdão segue em 9º com 11 pontos, enquanto o Vasco caiu para sexto, com 14 pontos.

Em jogo aberto, Boavista abre vantagem, mas Vasco diminui antes do intervalo

Antes da bola rolar, Marcelo Cabo perdeu Marquinhos Gabriel, que sentiu um desconforto muscular, e teve que optar por Carlinhos para começar a partida. O jogo começou estudado, com as duas equipes tendo dificuldades para superar a marcação adversária. Aos 9 minutos, Erick Flores teve o chute travado, mas a bola sobrou para Jean, que foi derrubado na área por Castán, sofrendo o pênalti. Marquinhos cobrou com categoria, deslocando o estreante Vanderlei, e abriu o placar: 1 a 0 para o Verdão.

O Cruz-Maltino quase empatou aos 14, após cruzamento perfeito de Gabriel Pec para Cano, que chutou de primeira, mas na rede pelo lado de fora. No lance seguinte, Zeca chute rasteiro, Kléver espalmou e depois Jean conseguiu o corte antes da chegada de Morato. Aos 19, logo antes da parada técnica, Cano ganhou no pé de ferro com Gustavo, Pec tomou a frente e mandou para o gol, mas estava em posição irregular, e a arbitragem invalidou.

Quando a bola voltou a rolar, o Boavista quase ampliou após Erick Flores dar um passe preciso para Marquinhos, que apareceu sozinho na cara de Vanderlei mas acertou a trave e, no rebote, Jefferson Renan chutou no canto para defesa do goleiro vascaíno. No minuto seguinte, Pec novamente avançou pela esquerda e cruzou, Morato foi travado e após disputa com Victor Pereira, Cano caiu na área pedindo pênalti, que não foi marcado pelo árbitro.

Aos 26, Jean arriscou de fora da área no cantinho, e Vanderlei fez uma boa defesa. Na cobrança de escanteio, a defesa do Vasco não afastou e a bola ficou com Marquinhos, que encheu o pé para marcar mais um na partida e ampliar o placar: 2 a 0 para o Boavista. A equipe cruz-maltina seguiu pressionando em busca do primeiro gol, e quase conseguiu em chute cruzado de Zeca, mas Gustavo esticou a perna e conseguiu jogar para escanteio.

Na reta final da primeira etapa, o Verdão conseguiu diminuir o ritmo do jogo, mas aos 46 minutos, Leo Matos invadiu a área, e cruzou para Cano, que se antecipou e mandou para o fundo do gol, 2 a 1. Antes do intervalo, Morato quase empatou a partida, mas o chute foi desviado e na rede por fora.

Pec empata, Vasco pressiona, mas não consegue evitar a eliminação

Na volta do intervalo, Cabo trocou Galarza por Léo Jabá, e o treinador não poderia ter tido mais estrela: aos 4, Carlinhos tocou para Jabá, que cruzou na medida para Gabriel Pec aparecer na segunda trave e mandar no cantinho, 2 a 2. O Vasco seguiu em cima, buscando a virada, mas foi o Boavista que voltou a assustar, em finalização forte de Wisney para boa defesa de Vanderlei.

Após a parada técnica, Cano quase marcou seu segundo gol completando cruzamento de Léo Jabá, mas a bola foi pela linha de fundo. Os dois treinadores mexeram nas equipes buscando o último esforço em busca dos três pontos, mas a partida caiu de ritmo até a reta final.

Precisando apenas da vitória, o Cruz-Maltino teve mais uma oportunidade aos 37 novamente com Cano, que driblou Kléver e Victor Pereira salvou em cima da linha. O centroavante, muito mais acionado na segunda etapa, recebeu na área e tentou o chute cruzado aos 43, mas passou perto do gol.

Até o último lance, o Gigante da Colina tentava o terceiro através de bolas na área, como a que chegou até Ernando, e terminou nas mãos do goleiro do Verdão aos 52, e o Boavista buscava o contra-ataque fatal, mas a partida terminou mesmo empatada, resultado que não agradou nenhuma das equipes, e eliminou matematicamente o Vasco do estadual.

O que vem por aí

A despedida do Verdão de Saquarema será contra a Portuguesa-RJ, no Luso-Brasileiro, enquanto o Vasco duelará com o Resende. Ambas as partidas serão realizadas no próximo final de semana, faltando a confirmação da data pela Ferj.

VAVEL Logo