Morínigo reflete após derrota para o Vasco: “Levamos com
tristeza, mas muito compromisso”
Foto: Transmissão/Coritiba Oficial

O líder Coritiba foi derrotado pelo Vasco, em São Januário, pelo placar de 2 a 1 neste sábado (16) pela 30ª rodada da Série B do Brasileirão 2021. Germán Cano e Nenê fizeram os gols vascaínos, enquanto Léo Gamalho marcou o dos paranaenses. Foi a segunda derrota seguida do Coxa, que está agora há quatro jogos sem vencer (mais dois empates), deixando de se isolar ainda mais no primeiro lugar.

O técnico Gustavo Morínigo tentou explicar o que havia planejado para o time ofensivamente e o que aconteceu para que nenhuma chance real fosse construída no primeiro tempo.

“A primeira ideia era utilizar a velocidade com o Igor Paixão e o Matheus Alexandre. Como não pudemos fazer isso, foram muitas bolas longas para os pontas. Então, tivemos que fazer trocas. Acredito que, a partir daí, fomos bem. Empatamos, e eles converteram um gol. E a partida foi muito difícil de jogar”, afirmou.

Questionado sobre a equipe não vir fazendo boas etapas iniciais quanto ao ataque, o comandante enfatizou que seus jogadores sempre entram em campo para vencer, que estão todos tranquilos apesar dos resultados recentes e pediu o apoio da torcida jogando em casa.  

“Sempre estamos obrigados a vencer, não jogar para empatar ou perder o jogo, sempre vamos ter essa obrigação. Circunstâncias de jogo, não podemos culpar ninguém. Estamos com algum problema, mas não podemos culpar ninguém. Buscar essa solução para que não aconteça mais, porque cada jogo vai ser assim, brigado, pegado, todos lutando por algo, e contra o Sampaio vai ser assim também. Para nós, passa a ser uma final, em que realmente necessitamos sentir apoio, que (a torcida) vá ao estádio. Estamos tranquilos, levamos a derrota com tristeza, mas com muito compromisso”, garantiu Morínigo.

Já em relação à defesa, que era uma das principais forças do grupo na competição e que não conseguiu manter o nível nos últimos jogos, Morínigo lamentou a perda dessa solidez, mas acredita ser uma questão de encarar o problema com união da equipe.

“É uma consequência do trabalho, decisões tomadas dentro e fora de campo. Sempre vai ser assim, o resultado é sempre consequência de algo, não é sorte. Sim, estamos tendo problema na zona defensiva, era muito mais sólida, mas todos os times estão evoluindo à medida em que vai terminando o torneio. Temos que tomar consciência, tomar responsabilidade, cada um de nós, e irmos todos juntos para cada jogo para poder ganhar, é a única maneira de conseguir. E, repito, necessitamos de todos”.

Autor no único gol do time, Léo Gamalhodemonstrou preocupação com a sequência negativa de resultados e pediu atenção especial nos minutos iniciais das partidas, considerando o que aconteceu nas últimas.

“O alerta está ligado. Temos agora o Sampaio Corrêa em casa na terça-feira. A gente está saindo perdendo, temos que entrar mais atentos, mais ligados, porque esses primeiros minutos estão complicando os nossos jogos”, alertou.

O Coxa volta a campo antes, na próxima terça-feira (19) às 21h30, quando recebe o Sampaio Corrêa.  

VAVEL Logo