Após derrota no clássico, Marquinhos Santos mostra necessidade de melhora na equipe: "Nos retraímos muito"
foto: Felipe Santos/Ceará Sc

O Ceará enfrentou o Fortaleza pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2022 na noite da última quarta-feira (22). O time foi derrotado pelo Tricolor por 2 a 0, na Arena Castelão.

Ceará e Fortaleza fizeram um primeiro tempo cheio de emoção, com protagonismo dos goleiros. Oportunidades para o Ceará não faltaram, e foram logo três boas chances, a primeira com Vina, em chute para fora. Depois, Boeck brilhou em novas tentativas de Richard Coelho e Richardson

João Ricardo também fez defesa bonita, Moisés deixou Richardson no chão e chutou, para defesa do goleiro do Ceará. Após o jogo o técnico Marquinhos Santos analisou o jogo, e disse que fizeram um bom primeiro tempo, mas que precisam melhorar.

"Claro que nós precisamos melhorar, precisamos evoluir, e nesse pouco tempo que temos precisamos saber conduzir bem o risco de perder mais atletas, são ajustes que tem que ser feito...Temos que melhorar para que possamos buscar a vitória".

O treinador também reconheceu que o segundo tempo não foi nada bom para o Ceará e a distração definiu o fim da partida.

"No segundo tempo nós estamos muito desatentos, onde o adversário, nos colocou muito pra trás ali na bola, no primeiro tempo nós abafamos a equipe dele e na etapa final nos retraímos muito, e não tivemos a força necessária para que pudéssemos segurar a bola a frente, né e fazer o jogo de transição."

Perguntado sobre o mal desempenho de Vina, o técnico não concordou e fez questão de elogiar o jogador 

"O Vina é um jogador que despesa comentários, por mais que talvez no seu ponto de vista não tenha tido um jogo eficaz e eficiente, mas é um jogador que um lance, pode ser decisivo, uma bola parada, uma finalização de entrada de área, ele teve sim situações de finalizar ali."

Ceará enfrenta o Atlético-GO no domingo(26), no Castelão, às 18h, pela Série A do Brasileirão.

VAVEL Logo