CRB vence Bragantino em primeiro tempo eficiente e volta a se aproximar do G-4

Galo mantém bons números como mandante e permanece na parte de cima da tabela de classificação

CRB vence Bragantino em primeiro tempo eficiente e volta a se aproximar do G-4
(Foto: Douglas Araújo/Especial à VAVEL Brasil)
CRB
2 1
Bragantino
CRB: Júlio César; Jonathan Bocão, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego Corrêa; Matheus Galdezani (Somália - 18'/2ºT), Olívio, Dakson, Luidy (Wigor - 44'/2ºT) e Bruno Nascimento (Rodolfo - 32'/2ºT); Lúcio Maranhão. Técnico: Mazola Júnior.
Bragantino: Felipe; Watson, Rodrigo Sam, Éder Lima e Bruno Pacheco; Edson Sitta, Serginho (Tartá - intervalo), Daniel Pereira e Erick (Leandro Brasília - intervalo); Renato Sorriso (Eliandro - 20'/2ºT) e Claudinho. Técnico: Toninho Cecílio.
Placar: 1-0, Lúcio Maranhão, 11'/1ºT. 2-0, Adalberto, 38'/1ºT. 2-1, Edson Sitta, 47'/2ºT.
ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), auxiliado por Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Filipe Gonçalves Corrêa (PB) | Cartões amarelos: Serginho (BRA - 13'/1ºT), Bruno Pacheco (BRA - 36'/1ºT), Matheus Galdezani (CRB - 10'/2ºT) e Tartá (BRA - 48'/2ºT) | Cartão vermelho: Diego Jussani (CRB - 24'/1ºT)
INCIDENCIAS: Partida realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, na noite desta terça-feira (14). Jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016.

O CRB continua com boa campanha dentro de casa. Em seu mando, quem domina é o Galo. Na noite desta terça-feira (14), não foi diferente. Em jogo realizado no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, os alagoanos venceram o Bragantino por 2 a 1. Os gols do jogo foram marcados por Lúcio Maranhão e Adalberto para o alvirrubro, enquanto o Massa Bruta descontou com Edson Sitta.

Com o resultado, o Regatas segue sem empatar; ou ganha, ou perde. A vitória deixou o alvirrubro no sétimo lugar, com 15 pontos ganhos, um ponto abaixo do G-4. Por outro lado, a derrota deixou o Massa Bruta dentro da zona de rebaixamento, na 17ª posição, com oito pontos.

A próxima rodada será realizada no fim desta semana e as duas equipes voltam a entrar em campo às 16 horas do sábado (18). O Bragantino continua no Nordeste e enfrenta o Náutico no Estádio José do Rego Maciel, o Arruda, no Recife/PE. Por sua vez, o CRB mede forças contra o Atlético-GO no Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO.

CRB abre boa vantagem no primeiro tempo

Nos primeiros minutos, o Bragantino procurou controlar a bola. Tentava criar jogadas de ataque, principalmente por meio do jogo aéreo, mas a defesa do CRB afastava qualquer possibilidade dos paulistas finalizarem. A primeira boa chance dos visitantes aconteceu aos seis minutos, quando Claudinho recebeu pela direita e cruzou rasteiro. Sozinho, Renato isolou.

Os donos da casa responderam aos nove. Matheus Galdezani arriscou  rasteiro de fora da área e o goleiro Felipe espalmou. Aos 11, o Galo abriu o marcador. Luidy fez boa jogada individual pela direita e cruzou na medida para Bruno Nascimento cabecear. A bola desviou em Lúcio Maranhão e parou no fundo do gol.

A vantagem deixou o time alagoano mais tranquilo. Aos 17, Bruno Nascimento chutou forte, da entrada da área, e o goleiro Felipe espalmou. Aos 20, após cobrança de falta ensaiada, Dakson rolou e Matheus Galdezani chutou na defesa do Bragantino. Dakson ficou com a sobra e cruzou na área. Lúcio Maranhão foi empurrado e pediu pênalti, mas a arbitragem nada marcou.

As oportunidades diminuíram, mas o CRB tinha total domínio do primeiro tempo. Aos 34, Dakson cobrou falta e Felipe afastou para escanteio. No minuto seguinte, o Bragantino voltou a atacar com Claudinho, mas Júlio César espalmou tranquilamente. Aos 38, os alvirrubros ampliaram a vantagem. Diego Corrêa cobrou falta na medida e Adalberto desviou forte de cabeça para marcar o segundo gol do Galo.

CRB controla segundo tempo e garante vitória

Como de costume, o CRB aproveitou a vantagem para se defender. O time fechou a marcação, cadenciou a partida e procurava brechas no adversário para armar contragolpes e aumentar o marcador. Aos dois minutos, quase o terceiro gol do Regatas. Aos dois minutos, Lúcio Maranhão passou por três marcadores, fez linda jogada e deixou Dakson pronto para finalizar. O meia arriscou e o goleiro Felipe defendeu em dois tempos.

Diferente do primeiro tempo movimentado, a segunda etapa foi muito mais tranquila, sem emoção. Uma boa finalização voltou a acontecer aos 19 minutos. Lúcio Maranhão tocou para Bruno Nascimento e o meia chutou na diagonal. A bola passou por toda a área adversária e foi para a linha defundo. Aos 26, nova chance do CRB. Após cobrança de escanteio, Diego Corrêa ficou com a sobra e encheu o pé. A pelota raspou a trave dos visitantes.

O Bragantino respondeu no minuto seguinte e levou muito perigo. Watson cruzou na medida e Eliandro apareceu no meio da defesa. Sozinho, o atacante foi ineficaz em acertar o gol e cabeceou por cima do travessão do Galo. Até o fim do jogo, as equipes criavam jogadas, mas não conseguiam finalizar com perigo. O jogo se encaminhou ao seu final e o CRB soube administrar bem e conquistar mais uma vitória diante de seu torcedor. Os visitantes ainda diminuíram aos 47 minutos, com Edson Sitta, mas nada que mudasse grandemente o resultado da partida.