Com um gol em cada tempo, Avaí bate Sampaio Corrêa e confirma primeira vitória na Série B

Tatá marca golaço no último lance do jogo e afunda Bolívia Querida na lanterna da Segundona

Com um gol em cada tempo, Avaí bate Sampaio Corrêa e confirma primeira vitória na Série B
Foto: Petra Mafalda/Mafalda Press/Avaí
Avaí
2 0
Sampaio Corrêa
Avaí: Renan; Renato, André Santos, Gabriel e João Paulo; Lucas de Sá, Jajá e Vinícius Pacheco (Tatá, min. 44); Tauã, William (Lucas Coelho, min. 65) e Romarinho (Rafinha, min. 69). Técnico: Silas
Sampaio Corrêa: Ruan; Gedeílson, Eli Sabiá, Rodrigo Arroz e Guilherme Santos; Auremir, Levi, Daniel Amora (Gustavo Marmentini, intervalo) e Pedrinho (Pimentinha, min. 61); Max (Carlos Alberto, min. 70) e Edgar. Técnico: Arlindo Maracanã (interino)
Placar: 1-0, min. 40, William; 2-0, min. 94, Tatá
ÁRBITRO: Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Cartões amarelos: Guilherme Santos (min. 10) e Tatá (min. 68)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, disputada na Ressacada, em Florianópolis, Santa Catarina

Após jejum de aproximadamente um mês, o Avaí reencontrou, na tarde deste sábado (21), o caminho das vitórias diante do Sampaio Corrêa. Em duelo válido pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Ressacada, a equipe avaiana foi superior em campo e bateu o Tubarão por 2 a 0, com gols do experiente atacante William, ainda no primeiro tempo, e Tatá, que marcou um golaço.

Com o triunfo diante da torcida, o Leão da Ilha chega à 11ª colocação, somando seus primeiros três pontos no certame nacional. A Bolívia Querida permanece isolada na lanterna, ainda sem pontuar, assim como Tupi e Bragantino, sendo os únicos a serem derrotados nos dois jogos já disputados, mas em último lugar por ter sofrido mais tentos.

Os times voltam a campo, pela 3ª rodada da Segundona, na próxima terça-feira (24), em dia completo de partidas. Os catarinenses vão até Lucas do Rio Verde duelar com o Luverdense, no Passo das Emas, às 21h30, enquanto os maranhenses recebem o Paraná, no Castelão, às 19h15, buscando a primeira vitória no torneio.

Leão é mais eficaz e sai em vantagem

Após ser derrotado pelo Bahia na estreia, o Avaí fez o primeiro jogo na condição de mandante na Série B. Já o Sampaio Corrêa foi goleado dentro de casa pelo Vasco e ainda perdeu o treinador Petkovic, depois do vice-campeonato no Estadual para o Moto Club, seu maior rival. Mostrando a força da sua torcida, o Leão começou melhor a partida e teve a primeira boa chance. Renato cruzou pela esquerda e Eli Sabiá afastou mal, com o goleiro Ruan impedindo um gol contra.

Persistindo e empurrado pelos torcedores, os avaianos seguiram em cima dos tricolores, voltando a assustar a meta adversária. Vinícius Pacheco recebeu de William e, livre de marcação na entrada da área, arrematou de perna esquerda muito próximo à trave direita da barra dos visitantes.

Mesmo mais acuado em campo, o Sampaio não se acomodou e partiu ao setor ofensivo, buscando demonstrar que estava vivo dentro das quatro linhas. O lateral-esquerdo Guilherme Santos levantou bola na pequena área e o atacante Edgar, de primeira, bateu mascado e sem levar muito perigo a Renan.

Sem muita criatividade, as equipes deixaram o duelo sem emoções na reta final do primeiro tempo, criando pouco. Melhor no embate, o time catarinense foi recompensado pelo bom momento apresentado. Gabriel arrancou do meio-campo e serviu Tauã. O ponta alçou na direção de William, que mostrou faro de gol e completou tranquilo, contando com falha do camisa 1 do Tubarão para deixar os donos da casa em vantagem no intervalo.

Tatá marca golaço e Leão confirma triunfo

Para a etapa final, o técnico interino e ex-jogador Arlindo Maracanã - que também acumula passagem pelo Leão da Ilha - decidiu dar mais ofensividade à Bolívia. O volante Daniel Amora, que apareceu pouco em campo, deu lugar ao atacante Gustavo Marmentini, visando dar liberdade ao setor de ataque.

Mesmo com a alteração dos maranhenses, foram os catarinenses que começaram levando perigo no segundo tempo. O lateral João Paulo tocou para Tauã que, após fazer bom lance individual ao centralizar, bateu rente à trave e quase marcou o segundo gol dos mandantes no duelo.

Mostrando que o incentivo das arquibancadas é fundamental, o Leão teve nova oportunidade de marcar pela segunda vez no confronto. Em contra-ataque mortal, Lucas de Sá lançou Tatá, que disparou em velocidade e saiu frente a frente com Ruan. O arqueiro do Tubarão, porém, fechou bem o ângulo e fez uma brilhante intervenção.

No minuto seguinte, o camisa 1 da equipe visitante foi obrigado a trabalhar novamente, vendo seu time ficar mais acuado em campo e sem movimentação dos homens de frente. Tauã fez linda jogada pelo meio, arrancou e chutou forte, com Ruan voltando a não dar espaço e impedindo que o segundo tento fosse marcado.

Autor do único gol do jogo, o atacante William deixou o campo para a entrada do companheiro de posição Lucas Coelho, visando dar novo gás ao setor ofensivo dos avaianos. A mudança surtiu efeito imediato e o Avaí teve nova chance de marcar, contudo o arqueiro do Paio fez outra boa defesa, impedindo que a vantagem fosse ampliada.

Nos minutos finais, os anfitriões não deram espaço e administraram o resultado positivo construído, indo à primeira vitória no torneio. Os visitantes, no entanto, tiveram a possibilidade de arrancar o empate nos acréscimos, mas desperdiçaram-a. Pimentinha tocou para Carlos Alberto, que viu Edgar surgir livre no lado esquerdo. O atacante da Bolívia Querida, todavia, mandou por cima e perdeu bom momento.

No último lance, os mandantes foram eficientes e sacramentaram o triunfo com um golaço. Tatá aproveitou desatenção dos defensores e, com Ruan adiantado, mandou de cobertura e marcou uma pintura na Ressacada, confirmando os primeiros três pontos do escrete leonino nessa Série B.