Autor de gol mal anulado contra Coritiba, Jô é homenageado ao completar 150 pelo Corinthians

Neste domingo, o centroavante do Timão completou seu jogo de número 150; Ele marcou nos minutos finais, mas viu o auxiliar anular de maneira irregular

Autor de gol mal anulado contra Coritiba, Jô é homenageado ao completar 150 pelo Corinthians
Foto: (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Revelado no extinto "terrão" do Corinthians, o centroavante Jô chegou a  marca de 150 jogos pelo clube, anotando 29 gols, que poderia ter mais um neste saldo se o auxiliar Michel Correira (RJ) não tivesse anulado o gol legal do atacante aos 42 minutos do segundo tempo, hoje, no Couto Pereira.

Coritiba e Corinthians neste sábado às 11h não pode ser descrito apenas pelo futebol. Duas horas antes da partida, um torcedor do Corinthians foi espancado nos arredores do Couto Pereira, chegou a ser dado como morto pelo delegado do DEMAFE (Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos da Polícia Civil do Paraná), que horas depois desmentiu o óbito, um torcedor do Coxa foi preso. O torcedor realizou uma bateria de exames e foi liberado do hospital.

No lance crucial da partida, aos 42 minutos, o atacante de 30 anos tabelou bonito com Maycon recebeu e marcou, mas o auxiliar ergueu a bandeira alegando impedimento do atacante. O equívoco do auxiliar pode custar a liderança do Campeonato Brasileiro ao Corinthians, uma vez que somando três pontos o Timão não correria o risco de ver o Grêmio ultrapassar em número de pontos. Jô, entretanto, tratou de não crucificar a arbitragem. 

"Foi muito rápido, uma jogada de um-dois, como falamos no futebol. Não deu para ver se o impedimento foi do Maycon ou meu.", comentou o atacante.

Sabendo da dificuldade de enfrentar o Coritiba - terceiro colocado na tabela - em seus domínios, Jô analisou que o mais importante é a soma de um ponto fora de casa em uma partida em que o Coxa jogou melhor que o "desconcentrado" Corinthians, como definiu o técnico Carille na coletiva pós jogo.

"O mais importante aqui foi pontuar, ganhar um pontinho. Agora é descansar, porque quinta-feira tem outro jogo", finalizou.

Ainda no vestiário do Couto Pereira, Jô foi homenageado com uma placa entregue diretamente das mãos de Flávio Adauto diretor de futebol do Corinthians.

Foto: (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)