Em Barueri, Corinthians e Santos disputam a grande decisão da Série A1 do Brasileiro Feminino

Invicto em Barueri, Corinthians tentará reverter desvantagem na grande final do Brasileirão Feminino

Em Barueri, Corinthians e Santos disputam a grande decisão da Série A1 do Brasileiro Feminino
Arte: Hugo Alves/VAVEL Brasil
Corinthians/Audax
Santos
Corinthians/Audax: LELÊ, PAULINHA, PARDAL, MIMI E JUCI; GRAZI, ANA VITÓRIA, CACAU E GABI NUNES; NENÊ E BYANCA BRASIL
Santos: DANI NEUHAUS; KATI, CAROL ARRUDA, CAMILA E DANI SILVA; MARILIA, BRENA, MAURINE E PATRICIA SOCHOR; KETLEN E SOLE JAMES.
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELO JOGO DE VOLTA DA FINAL DO CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO A1.

Corinthians/Audax e Santos realizam, nesta quinta-feira (20), a partida de volta da final do Campeonato Brasileiro Feminino Série A1. No primeiro confronto com sotaque paulista da decisão, as Sereias da Vila levaram a melhor e venceram as corintianas por 2 a 0. Agora, fora de casa, as santistas buscarão segurar a vantagem.

Entretanto, a missão não é fácil. Isso porque, em casa, o Corinthians mantém invencibilidade, tendo o ataque mais efetivo da competição e a defesa menos vazada.

Melhor equipe da primeira fase, Corinthians busca título nacional

O Corinthians chega ao último e decisivo jogo do Brasileiro Feminino Série A1 acumulando 15 vitórias, um empate e somente três derrotas ao longo de todo o campeonato. Com a melhor campanha durante a primeira fase da competição, a equipe paulista tem o melhor ataque e defesa do torneio nacional. À beira do campo, Arthur Elias comanda as corintianas em busca do título brasileiro. Para ele, desde o início, a equipe lutaria até o fim pela taça.

O fator que nos levou a essa condição (melhor campanha) foi nosso pensamento de jogarmos sempre coletivamente com boa sincronia em todos os momentos dos jogos. Acho que a campanha e a consistência do time são mais convincentes do que analisar qualquer partida isolada da Primeira Fase”, disse o comandante em entrevista ao site da CBF.

Novamente, o Corinthians precisará reverter um placar adverso num jogo decisivo. Mas o alvinegro tem uma carta na manga: a Arena Barueri. Como mandante, a equipe segue com 100% de aproveitamento. “Nosso mando de campo tem feito a diferença. Vencemos todos os jogos em casa no campeonato porque as jogadoras se sentem bem jogando lá. Temos um ótimo gramado e uma atmosfera muito positiva que construímos ao longo do ano”, declarou Arthur Elias.

“Fizemos um grande campeonato e isso nos dá toda confiança para acreditarmos que podemos ser campeões. Depois do resultado da primeira partida, só podemos pensar que conquistar o título fará ser ainda mais merecido e inesquecível. Aproveitamos muito bem todos os dias de treinos e tenho a certeza que as jogadoras estão preparadas. Eu confio muito no que elas são capazes de fazer”, concluiu o treinador.

Mesmo com a vantagem, equipe santista prega pelos “pés no chão” em decisão

A trajetória do Santos até a decisão do Brasileirão Feminino começou em março. Desde então, as Sereias da Vila acumulam incríveis 15 triunfos, dois empates e duas derrotas. Destaque para os confrontos dentro da Vila, onde o time comandado por Caio Couto está invicto: oito vitórias e um empate.

“A Vila é importante, primeiro pelo aspecto técnico, porque é um campo leve, que permite a equipe trabalhar com bastante habilidade e isso vai ao encontro da característica da nossa equipe. E, na reta final, teve o fator extracampo que foi a questão do torcedor, que abraçou a equipe e mostrou todo o carinho. Isso foi muito positivo”, analisou o treinador Caio Couto, em entrevista ao site da CBF.

Entretanto, mesmo com a vantagem por ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0, Caio Couto garante que o Santos está com os pés no chão para o confronto decisivo na Arena Barueri, onde o Corinthians encontra-se invicto.

"Com total transparência, afirmo que estamos com os pés no chão. A decisão está totalmente em aberto. Apesar da nossa vitória na ida, sabemos toda a virtude do Corinthians. É dono da melhor campanha, teve o melhor desempenho na primeira fase. Sabemos que também fizemos a nossa parte, mas sempre trabalhamos com os pés no chão e vamos continuar assim. Isso não vai mudar, mesmo passando os primeiros 90 minutos da final. Acho que o Corinthians continua sendo o favorito, mas vamos entrar em busca de um bom jogo para conseguir o nosso título", finalizou Caio Couto.

A grande decisão do Brasileirão Feminino é nesta quinta-feira (20), às 18h, na Arena Barueri, com transmissão em tempo real da VAVEL Brasil. 


Share on Facebook