Em duelo de poucas chances, Joinville e Ceará terminam iguais em SC

Equipes tem poucas chances em campo e acabam ficando apenas no empate em 1 a 1

Em duelo de poucas chances, Joinville e Ceará terminam iguais em SC
Foto: Divulgação/Joinville EC
Joinville
1 1
Ceará
Joinville: Oliveira; Éverton Silva, Bruno Aguiar, Ligger (Danrlei, min. 68) e Diego; Naldo, Paulinho Dias, Carlos Alberto, Pereira (Juninho, min. 21) e Cléo Silva; Fernando Viana. Técnico: Hemerson Maria
Ceará: Éverson; Tiago Cametá (Marino, min. 60), Valdo, Charles; Thallyson; João Marcos, Richardson, Felipe, Ricardinho; Alex Amado (Rafinha, min. 46) e Bill (Rafael Costa, min. 81). Técnico: Sérgio Soares
Placar: 1-0, min. 14, Fernando Viana. 1-1, min. 74, Richardson.
ÁRBITRO: Paulo Schleich Vollkopf (MS) Cartões Amarelos: Joinville: Everton Silva (min. 20), Fernando Viana (min. 28), Carlos Alberto (min, 36) Ceará: Charles (min. 29)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016

Nessa sexta-feira (17), Joinville e Ceará se enfrentaram na Arena Joinville pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016. E num confronto que pouco empolgou e rareou em chances para os dois lados, o placar ficou em 1 a 1.

Com a igualdade o JEC vai para 11 pontos e chegou temporiamente em 13º lugar. Já os nordestinos alcançam os 17 pontos e começam a rodada no quarto lugar, com ambos os times podendo perder postos ao longo da rodada.

Na próxima rodada o Joinville visita o Paysandu na Curuzu na terça-feira (21), às 19h15. No mesmo dia e horário o Ceará recebe o Oeste no Castelão.

Em um primeiro tempo muito fraco de ambas as equipes em que houveram escassas oportunidades, numa delas aos 35 minutos o time da casa marcou com Cléo Silva, porém o tento foi devidamente anulado por conta de um impedimento e assim acabou a primeira etapa num moroso 0 a 0.

Após o intervalo os conjuntos pareceram mais dispostos a buscar a meta de modo a termos algumas ocasiões de maior perigo e o placar foi aberto aos 14 minutos, quando Diego tocou para Juninho que passou pela defesa e tocou para Fernando Viana completar pras redes e colocar o JEC em vantagem.

Daí em diante, os visitantes buscaram reverter a desvantagem e em bola parada cobrada por Ricardinho aos 29, Richardson subiu bem e testou para as redes para assim empatar o cotejo. Nos minutos finais, os nordestinos até tiveram boa disposição para virar porém falharam nas finalizações, enquanto os catarinenses tinham dificuldades para pressionar e o placar ficou em 1 a 1.