Após polêmica, Luxemburgo sai em defesa de Juninho: ''Não podemos abandonar um filho''

Treinador garantiu apoio ao atacante, que foi acusado de ter agressão a ex-noiva

Após polêmica, Luxemburgo sai em defesa de Juninho: ''Não podemos abandonar um filho''
Atleta já voltou a treinar com o elenco e foi relacionado para enfrentar o Vitória, na próxima quinta-feira(Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

Na última segunda-feira (9), o atacante Juninho, revelado pelas categorias de base do Sport e integrante do elenco profissional leonino, foi denunciado pela ex-noiva por agressão e ameaça, sendo detido e só liberado após pagamento de fiança, para responder em liberdade. Na manhã desta quarta-feira (11), o técnico Vanderlei Luxemburgo comentou sobre o assunto, garantindo estar do lado do jogador.

''É a primeira e última vez que vou responder sobre esse assunto aqui, porque isso é assunto para a polícia, não para o Sport. Essa parte fica para o jogador lá fora. A pergunta é dura. Ele é jogador do Sport, é um menino de 18 anos. Como você vai abandonar um menino de 18 anos? Como não dar carinho para um menino de 18 anos? Como não dar estrutura para um menino de 18, que cometeu um equívoco, possa se reencontrar?'', disse Luxa.

Após a polêmica, o comandante rubro-negro revelou também ter proibido o assunto dentro do ambiente de trabalho do Leão. Tratando o jogador como um filho, Luxemburgo reiterou o apoio dele e do grupo em relação a Juninho, que após ser detido e liberado, já voltou a treinar normalmente com a equipe no CT José de Andrade Médicis.

''Esse assunto não vai mais ser tratado aqui. Está proibido. Eu quero que ele jogue bola, faça gol, porque é isso que ele sabe fazer, jogar futebol. Nós não podemos abandonar um filho. Ele está aqui dentro do clube como se fosse um filho nosso'', finalizou.

O atacante foi relacionado para o jogo diante do Vitória, na próxima quinta-feira (12), válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo é de extrema importância para o Sport, que encara um concorrente direto na briga contra o rebaixamento, podendo sair do Z4 e quebrar o jejum de nove partidas sem vencer na competição.

Sport Club do Recife