Nenê mira conquista do primeiro título de expressão no Brasil

"Espero que seja o primeiro de muitos", diz o atacante que revelou estar ansioso para o clássico de domingo

Nenê mira conquista do primeiro título de expressão no Brasil
No treino da manhã de quarta-feira (Foto: Paulo Fernandes/ Vasco.com.br)

A final do Campeonato Carioca está próxima e o camisa 10 da equipe de São Januário está confiante para o confronto. Esse será o título brasileiro de maior expressão da carreira de Nenê, caso o Gigante da Colina levante a taça. O Vasco já tem uma vantagem sobre o Botafogo por ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0 e espera manter a vantagem para conquistar o bicampeonato.

“Aqui no Brasil, acho que vai ser o primeiro título de expressão e espero que seja o primeiro de muitos. A ansiedade é uma coisa normal, querer que chegue logo, quando você vai deitar fica pensando e querendo que fosse sábado. É algo que temos que controlar”, destacou o atacante.

“Eles vão entrar da mesma maneira, como nós também. A vantagem é preciosa, mas é só uma vantagem, não tem nada definido. Se pudermos fazer um gol, melhor ainda”, completou.

Nenê destaca ainda a imensa torcida do Vasco e o grande amor de cada um pelo clube. Segundo o jogador, a torcida será recompensada em campo neste domingo.

“Sempre falo da torcida, estou agradecendo o carinho deles. A torcida vascaína tem um amor incondicional pelo clube. Temos que contribuir sempre dentro de campo, então é só agradecer e dizer que vamos dar tudo para recompensá-los dentro de campo”, afirmou Nenê.

Mesmo depois de um final de ano tão conturbado para o Vasco, a invencibilidade veio como um presente para o elenco e para a torcida. Nenê justifica a boa fase como uma ótima pré-temporada e um bom planejamento.

“Imaginava, sim (o rendimento). Nosso time manteve a base, fizemos uma pré-temporada excelente, não ficamos viajando. Ficamos em Pinheiral, que é meio chato, mas é excelente para trabalho. Tivemos as melhores condições possíveis. Agradecemos ao Jorginho pela confiança e sabemos que se sacrificou de um lado também por confiar no grupo de trabalho que tem”, finalizou.

Vasco e Botafogo se enfrentam mais uma vez pela final do Carioca nesse domingo (8), às 16h no Maracanã.