Prata do Vasco, Mateus Vital celebra primeiro gol e espera fazer do Corinthians 'uma nova vítima'

Jovem promessa do Gigante da Colina marcou pela primeira vez com a camisa cruzmaltina diante o Grêmio

Prata do Vasco, Mateus Vital celebra primeiro gol e espera fazer do Corinthians 'uma nova vítima'
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco da Gama)

No Vasco desde 2004, Mateus Vital sempre foi tratado como uma grande joia para o Vasco. O meia de 19 anos fez sua estreia no profissional em 2015, na última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano, contra o Coritiba, no Couto Pereira. De lá para cá, 'Pet', como também é conhecido, fez 26 partidas, mas só desencantou no último sábado contra o Grêmio, marcando seu primeiro gol com a camisa do Vasco e como profissional, dando a vitória para Vasco.

Cobrado pelos companheiros de equipe para que quebrasse logo o jejum, Mateus se diz mais confiante e projeta repetir o feito contra o Corinthians.

"Eu estava muito ansioso. Espero que seja o primeiro de muitos. Estou mais leve, tranquilo. O Ramon me cobrava toda vez na concentração. Ele dizia: "Agora tem que sair, Juvena, que é como ele me chama". Que o Corinthians seja a próxima vítima", brincou o garoto.

Confira o gol de Mateus Vital

Devido a não presença da torcida do Vasco dentro de São Januário, era possível ouvir o novo treinador Zé Ricardo pedido ao meia para que entrasse mais área para que pudesse finalizar alguma jogada. E segundo o próprio Mateus, isso foi crucial para que, enfim, pudesse balançar as redes.

"O gol foi um sonho realizado. Estava sendo cobrado por companheiros e até pela família (risos). O Zé cobra que jogador de meio de campo chegue bastante dentro da área, e eu estava chegando pouco. Acho que melhorei taticamente, consegui cumprir o que ele pediu. Agora é cabeça voltada para o Corinthians. Nosso objetivo desde o início é ficar do G-6 para cima", disse.

O Vasco volta a treinar nesta terça-feira (12) para se prepararem para a partida contra o Corinthians, líder do Brasileirão, fora de casa no próximo domingo (17), às 16h.