Porsche obtém resultados medianos em Le Mans
Próxima etapa do Mundial de Endurance será nos EUA no circuito de Austin no dia 20 de Setembro (Foto: Porsche AG)

A Porsche veio para e edição 2014 das 24 horas com uma missão, lutar e repetir a vitória na classe GTE-PRO que conquistou ano passado e tentar terminar com os dois 919 na classe LMP1. Infelizmente os anseios da equipe não foram tão bons assim. O 919 chegou a liderar as horas finais da prova, porém acabou ficando na 5º posição com o #14, enquanto na classe GTE-PRO um terceiro lugar com o #92.

Timo Bernhard assumiu a liderança no Porsche #20 na hora 20 da prova. Às 12:36 no domingo ele entregou o carro para Mark Webber. Infelizmente menos de 20 minutos depois, o australiano foi forçado a diminuir o ritmo perdendo velocidade e guiando apenas com energia elétrica de volta para os boxes. A equipe não poderia reparar o LMP.

Pouco depois foi a vez do #14 pilotado por Marc Lieb enfrentar problemas na caixa de marchas. O carro chegou a ser reparado mas pouco antes da bandeira quadriculada conseguiu voltar a pista, mas não chegou a se classificar.

Para Matthias Müller, presidente do Conselho Executivo da Porsche AG a equipe enfrentou muitas adversidades que vão servir de exemplo para as próximas corridas: "O nosso retorno a Le Mans tem sido um forte esforço de equipe. A vitória quase aconteceu, e nosso sonho de pelo menos um lugar no pódio quase foi alcançado. Por um período notável estávamos liderando a corrida. Quero agradecer a todos que contribuíram com trabalho duro. Agora vamos manter nossas cabeças erguidas e planejar um retorno ainda mais forte para 2015. " Completou.

Mark Webber também lamenta a quebra faltando tão pouco para o término da prova. Mark Webber: "Foi difícil para todos. Teria sido uma conquista incrível vencer na estreia. Acho que nunca esperava estar em uma excelente posição no final da corrida. Poucas pessoas sabem o quão difícil é fazer com que os carros cheguem a este ponto da corrida. Eu realmente sinto pelos mecânicos. Antigamente Le Mans era visto com a aposentadoria dos pilotos, mas hoje os melhores pilotos estão aqui. Se você para cedo você a frustração já é grande. Quando você para perto do fim a dor é bem maior. Foi a nossa primeira vez aqui em Le Mans e ficamos muito perto do pódio. " Comenta.

Equipe que compete na classe GTE-PRO não conseguiu repetir a dobranha de 2013 (Foto: Porsche AG)

Já na classe GTE-PRO o terceiro lugar ficou com o #92 do trio formado por Marco Holzer, Fréderic Makwiecki e Richard Lietz, e na GTE-AM um segundo lugar para a Proton Competition de Christian Ried, Klaus Bachler e Khalid Al Qubaisi.

Na PRO a Porsche chegou a liderar em algumas oportunidades mas a alternância entre os ponteiros e problemas diversos acabaram deixando o #92 na terceira posição. O outro carro da equipe o #91 do trio Patrick Pilet, Jorg Bergmeister e Nick Tandy enfrentou problemas na madrugada com problemas na pressão de combustível. O carro terminou na 7º posição.

Entre as equipes clientes na classe AM o segundo lugar do #88 da Proton Competition foi comemorado como uma vitória, já que a briga com os Aston Martin foi intensa. O ator e piloto Patrick Dempsey que dividiu o #77 com o piloto oficial da marca Patrick Long e Joe Foster terminaram na quinta posição. Este foi o primeiro ano que a Porsche forneceu o novo 911 RSR para equipes de clientes.

Para Hartmut Kristen, chefe da Porsche Motorsport as coisas poderiam ter sido diferentes, "Apesar de teremos um lugar no pódio, este ano Le Mans foi um pouco decepcionante. Problemas técnicos menores surgiram em ambos carros, mas foram decisivos para o resultado final. Tanto a equipe quanto os pilotos têm feito um excelente trabalho e os carros voltarem em segurança para casa. Parabéns para a Proton Competition pelo segundo lugar na classe GTE-Am. Dada a avaliação de desempenho, não havia melhor resultado possível para nós. "

Já Patrick Dempsey comemorou o resultado. "Eu pilotei muito bem, não cometi erros e meu ritmo melhorou constantemente. Nós todos fizemos um grande trabalho, e eu estou feliz com o resultado e ótimo desempenho da equipe. Eu definitivamente estarei de volta em Le Mans no ano que vem ".

VAVEL Logo