Com jogo de equipe, Marco Wittmann vence em Spielberg
Wittmann se isola na liderança da DTM (Foto: Motorsport)

Neste domingo (03), a etapa da DTM em Spielberg foi, de certa forma, polêmica, já que a BMW ordenou que seus pilotos deixassem Marco Wittman, líder do campeonato, passar. Assim, o piloto conquistou a sua terceira vitória na temporada e abriu vantagem na classificação da categoria. Apesar de tudo isso, a corrida foi bem movimentada e teve várias disputas por posição.

Na largada, Wickens e Glock se mantiveram nas suas posições, Farfus ultrapassou Wittmann e assumiu a terceira posição, enquanto o resto do pelotão estava todo embolado. O pole position seguiu tranquilo em primeiro, administrando a vantagem enquanto o brasileiro conseguiu ultrapassar Glock e assumir a segunda posição. Farfus fez a volta mais rápida da corrida e já começava a descontar a diferença que tinha para o canadense da Mercedes.

Na volta oito, Farfus descontou muito e já estava a menos de um segundo de Wickens, e aí começou a briga pela liderança, já que o brasileiro era mais rápido que o canadense. Na volta 10, Farfus tentou ultrapassar Wickens, mas não conseguiu, no meio de tudo isso a BMW de Antonio Felix da Costa teve um aquecimento no motor e abandonou, e mesmo parando o carro na grama o Safety-Car não foi acionado. Na volta 12, a disputa pela liderança esquentou, os dois ficaram lado a lado por um momento, mas sem nenhum toque, e Wickens conseguiu manter a liderança. Com Wickens segurando o pelotão, Glock e Wehrlein estavam chegando nos dois primeiros.

Farfus decidiu não atacar mais o canadense, e com Wickens segurando todo o pelotão diversos pilotos chegaram nos quatro primeiros, eram eles: Jaime Green, Marco Wittmann, Martin Tomczyk e Timo Scheider.

Na volta 18, Farfus foi fazer seu pit-stop, o primeiro do grupo da frente, colocou os pneus duros e voltou na nona posição. Na volta 21, todo o grupo da frente foi para o pit e Wickens voltou na frente, mas duas curvas depois Farfus ultrapassou e ganhou a segunda posição. Jaime Green permaneceu uma volta a mais na pista, e na volta seguinte fez seu pit-stop e voltou na liderança.

E duas notícias que mexeram com a história da corrida. Na volta 27, Wickens que estava em terceiro foi punido com um drive-through por ter sido liberado de forma perigosa no pit-stop e na volta seguinte Jaime Green que liderava também foi punido, ele

Na volta 29, tivemos um jogo de equipe, a BMW mandou que Glock abrisse passagem para Wittmann  E mesmo com a punição Wickens se manteve na pista e ultrapassou Augusto Farfus, logo na sequência Farfus também teve que abrir passagem para Wittmann. E como Wickens não cumpriu sua punição ele tomou bandeira preta e foi desclassificado.

A partir daí a corrida esfriou já que nenhuma BMW pode se atacar, no fim ainda tínhamos algumas brigas no pelotão intermediário, mas nada que mudasse o resultado da corrida.

Assim Marco Wittmann conquistou sua terceira vitória na temporada e se isola na liderança do campeonato com 95 pontos contra 56 de Mattias Ekström que acabou na sétima colocação.

A próxima corrida da DTM será no dia 17 de Agosto no circuito de Nürburgring.

Veja o resultado da corrida AQUI. 

VAVEL Logo