GP dos EUA está ameaçado após corte de recursos para Austin
GP dos EUA pode estar com os dias contados. (Foto: Divulgação)

De acordo com uma matéria de Adam Cooper no site motorsport.com, o futuro da Grande Prêmio dos Estados Unidos está ameaçado após o governo ter cortado subsídios importantes para o Circuito das Americas. 

Originalmente, o Estado tinha pactuado um compromisso $ 250 milhões de dolares ao longo de 10 anos, e a corrida recebeu US $ 25 milhões por ano em 2012, 2013 e 2014, mas nesse ano foi reduzido para US $ 19.5 milhoes.

Aos diretores do circuito,  foi dado conhecimento deste número antes da prova no final de semana do GP deste ano, embora a notícia só agora surgiu nos meios especializados. Ele vem em cima dos prejuízos causados pelo mau tempo no evento deste ano, que levou à redução das vendas de concessões e também teve um impacto sobre a viabilidade do evento.

"Para usar um termo técnico, acho que estamos complicados", disse o presidente do circuito, Sr. Bobby Epstein. "Fomos atingidos por uma ducha de água fria. Ninguém podia prever esta situação", completou.

Enquanto isso, o inflexivel Bernie Ecclestone disse: "Se for alterado, será difícil continuar a corrida em Austin."

O projeto COTA inteiro foi construído em torno da idéia de que a prova se mantesse graças a esse subsídio estatal, que é pago aos grandes eventos para refletir a renda que eles geram para as cidades que os acolhem.

VAVEL Logo