Bilionário russo adquire circuito de Nurburgring
(Foto: Divulgação / Nurburgring)

Vendido! O icônico circuito de Nurburgring foi completamente adquirido por pelo empresário russo, Viktor Kharitonin. Ele, que é co-fundador da empresa de saúde Pharmstandard, já era acionista marjoritário na companhia proprietária do circuito, porém aumentou suas ações para 99%. tornando-se proprietário, de fato, de Nuburgring, segundo a Forbes russa. 

A transação foi feita, aparentemente, num valor estimado em 37 milhões de euros, com Kharitonin pagando um total de 77 milhões de euros à proprietária. 

Nurburgring tem passado por sérias crises financeiras nos últimos anos. Ela, que até então revesava com Hockenheim as corridas de Fórmula 1 na Alemanha, não conseguiu realizar o GP Germânico no ano passado e, sendo assim, foi a primeira vez em 60 anos que a Alemanha não teria um GP de Fórmula 1. 

O circuito não conseguiu juntar os termos necessários que satisfizessem Bernie Ecclestone e, assim, não houve corrida na Alemanha em 2015. O chefão da F1 chegou a cogitar a compra do 'Ring', mas perdeu no final após os proprietários aceitarem uma oferta ligeiramente melhor. 

Quanto à possibilidade de haver corrida da F1 em Nurburgring antes de 2017, Bernie disse que as chances são "altamente impossíveis". Kharitonin falou que as negóciações com a FOM  foram interrompidas no ano passado, já que um acordo não pode ser alcançado. "Nós mesmos recusamos porque não estavamos de acordo com os organizadores sobre questões financeiras", disse o russo, que acredita que as negociações com Ecclestone serão retomadas mais cedo ou mais tarde.

Se por um lado, Nuburgring não vai bem com a Fórmula 1, já com o WEC, a situação é o inverso. No ano passado, aconteceu a primeira corrida do Mundial de Endurance na Alemanha e ambos não decepcionaram. Uma das melhores corridas da temporada e, em termos de números, um dos melhores números. 

VAVEL Logo