Fórmula 3: Caio Collet é sétimo na corrida 2 em Barcelona e avança na classificação
Foto: Dutch Photo Agency

Pelo segundo dia consecutivo, Caio Collet completou a corrida da FIA Fórmula 3 no top10 e saiu de Barcelona com pontos. O brasileiro da Alpine Academy largou e terminou em sétimo a Feature Race.

Com os seis pontos conquistados na Catalunha, o carro #10 da equipe MP Motorsport foi a 18 no ano, subindo para 11º na tabela de classificação. Ele está agora a apenas um ponto do top10.

A prova do domingo foi marcada por duas intervenções do safety-car, responsáveis por neutralizar 10 das 24 voltas programadas. Como o sistema de DRS é ativado apenas algumas voltas depois da largada e relargadas, na prática, os carros tiveram poucas oportunidades para tentar manobras de ultrapassagem com o recurso da abertura da asa móvel.

Na luz verde, Collet tracionou melhor que o monegasco Arthur Leclerc, que partiu em quinto. Ele superou o piloto da Prema antes da primeira curva, mas acabou ultrapassado pelos americanos Jak Crawford e Kaylen Frederick. Completou a primeira volta em oitavo.

A primeira passagem do safety-car neutralizou a corrida entre as voltas 3 e 7. A relargada veio na oitava volta, e Caio fechou a porta para ataque de Leclerc. Imediatamente à sua frente, Crawford passou Frederick no fim da reta. Caio acompanhou de perto e conseguiu emparelhar ao lado do #17 no segundo setor da pista. O americano defendeu a linha interna, deixando espaço do lado de fora na curva 3, uma longa curva à direita. O vice-campeão da F-Renault Eurocup se lançou por lá, carregando mais velocidade na curva e avançou para sétimo com precisão.

Na décima volta foi liberado o uso do DRS. Caio conseguiu baixar para meio segundo a margem de Crawford, mas novamente foi lançado o carro de segurança, para resgate do carro do espanhol Brad Benavides, atolado na caixa de brita.

Na volta 15 a corrida relargou e, após duas passagens, novamente foi habilitado o DRS. Entre o vice-líder e o nono, todos estavam com margem inferior a 1s e puderam acionar a asa móvel na reta principal -o que, na prática, igualava as forças. E Caio levou até a bandeirada, com uma formidável defesa de assédio do argentino Franco Colapinto nas duas voltas finais.

"Hoje realmente foi um pouco mais difícil que ontem. As mudanças que fizemos no carro não foram no sentido que a gente esperava, então não estávamos tão rápido. Não tinha ritmo como o sábado para atacar mais na frente. O quali é muito importante em uma categoria tão apertada, precisamos melhorar neste aspecto para as próximas etapas. Feliz em voltar ao pódio e pontuar nas duas provas, temos bastante para melhorar, mas estamos num caminho. Foco em melhorar na classificação para desempenhar bem como fizemos em Barcelona", declarou Collet após a prova deste domingo.

Com o sétimo lugar no domingo, o campeão da F4 Francesa em 2018 manteve 100% de top10s na pista do GP da Espanha de F1. No ano passado ele também conquistou um pódio em Barcelona, o seu primeiro na FIA Fórmula 3.

A próxima etapa do campeonato acontece em Silverstone no primeiro fim de semana de julho.

VAVEL Logo