Preview GP de Abu Dhabi

Se prepare para a última corrida do ano

Preview GP de Abu Dhabi
Foto: @F1

O Grande Prêmio de Abu Dhabi é o último circuito da temporada, mas desde que ele entrou no calendário da Fórmula 1, a festa de encerramento da categoria acabou alternando entre o Grande Prêmio do Brasil no período de 2011 à 2013.

Faz parte dos circuitos mais novos da Fórmula 1 e apenas foi introduzido na temporada de 2009, seu anúncio ocorreu ainda em 28 de junho de 2008 como a 19ª etapa do ano seguinte e consequentemente a corrida de encerramento. Foi também a primeira etapa noturna, iniciada às 17 h do horário local. Os holofotes precisaram ser ligados para está corrida e ela trazia a perfeita sintonia da mudança da luz natural, para a escuridão do anoitecer.

O circuito já recebeu algumas disputas de títulos, como em 2010 com o líder do campeonato Fernando Alonso perdendo a corrida para Sebastian Vettel, que conquistava a sua segunda vitória nesta pista. Em 2016 viu a disputa do título sendo decidida, a briga era entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton, o inglês venceu a prova, mas bastou o alemão estar em segundo para garantir o campeonato. Também viu a Red Bull conquistar o seu quarto campeonato de construtores em 2013.

lll Pneus e Pista

A superfície da pista é extremamente lista o que permite a escolha dos compostos mais macios para esta etapa, no entanto o calor é um agravante nesta época do ano e acaba ajudando na degradação dos compostos no início da corrida e à medida que a prova vai se estendendo noite a dentro as temperaturas vão amenizando.

Os primeiros dois setores são rápidos, pois é nesta parte que estão situadas as duas maiores retas da pista. Assim como no Brasil a prova é realizada em sentido anti-horário.

lll Corrida 2016

Foi uma temporada de reviravoltas, Nico Rosberg e Lewis Hamilton alternaram na liderança do campeonato, o inglês contou com 10 vitórias contra 9 do alemão, no entanto uma quebra de motor na Malásia, foram uma das provas que acabou tirando pontos importantes nesta disputa e mesmo com todas as vitórias que ele teve no final da temporada, o seu companheiro de equipe estava sempre encostado nele, para não abrir brecha nesta temporada e levar o título para a Alemanha.

Com poucos pontos de ultrapassagem neste circuito, Hamilton jogou com a cabeça, como líder da prova, ele era o piloto que ditava o ritmo da corrida, foi rápido o suficiente para vencer, mais deixou Rosberg a própria sorte para que os outros competidores ameaçassem o companheiro de equipe, pondo em risco o segundo lugar do alemão.

Todo mundo sabia da estratégia de Lewis, o pessoal nos boxes ficou extremamente preocupado, pois Rosberg poderia não terminar a prova. Hamilton seria rápido apenas se a ponta estivesse sendo ameaçada e foi assim dando as cartas do jogo, a ideia era empurrar o alemão para a quarta posição e desta forma ele conquistaria mais um título.

Rosberg acabou sendo cirúrgico nesta fase da prova, quando percebeu a aproximação dos rivais. Colou em Hamilton, mas tentou nenhum ataque e também não permitiu que Sebastian Vettel conseguisse ultrapassa-lo. Mesmo nas últimas 4 voltas sendo atacado pelo compatriota, ainda se via em uma margem segura para conseguir o título, se Vettel conseguisse o segundo lugar, o terceiro ele provavelmente não perderia mais.

Ao cruzar a linha de chegada, estava a meio segundo atrás de Hamilton e Sebastian Vettel a 0s8 atrás dele. Aí foi comemoração na certa, em um show de zerinhos e um agradecimento especial para Vivian, sua esposa. Retomou a memória o título do pai, Keke Rosberg em 1982.

No entanto 5 dias depois da sua vitória o piloto anunciava a sua aposentadoria das pistas, visando passar mais tempo com a família. A Mercedes correria atrás de um substituto e escolhia Valtteri Bottas para isso, fazendo Felipe Massa retornar as pistas por mais um ano.