Antonio Pacheco brilha, Peñarol vence Defensor e conquista o Campeonato Uruguaio

Mesmo jogando como visitantes, o Peñarol lotou o Estádio Centenário, enfrentou o Defensor na disputa pelo título do Campeonato Uruguaio, venceu por 3 a 1 e alcançou a sua 49ª conquista nacional. Os Carboneros dominaram toda a partida, construíram o placar ainda na primeira etapa e venceram tranquilamente.

Para garantir o título ainda nesta terça-feira (04), o Peñarol precisava da vitória – empate levava a decisão para a prorrogação e uma vitória do Defensor em qualquer circustância provocaria dois jogos extras – e começou indo para cima do adversário, mas sem levar muito perigo. Entretanto, aos 25 minutos, a equipe carbonera fez linda troca de passes e Tony Pacheco apareceu muito bem dentro da grande área para finalizar no canto direito de Campaña e abrir o placar para o Peñarol.

Depois do gol, os visitantes continuaram pressionando e chegando ao segundo gol dez minutos depois. Estoyanoff fez bonita jogada dentro da grande área e a defesa cortou a bola com a mão. A arbitragem assinalou pênalti corretamente e Pacheco converteu a cobrança, aumentando a vantagem carbonera.

O panorama da segunda etapa foi o mesmo da primeira e o Peñarol permaneceu controlando as ações, dominando a partida e criando diversas oportunidades de gol. Aos 22 minutos, Estoyanoff saiu de cara para o goleiro Campaña mas bateu em cima do arqueiro e desperdiçou uma linda chance. Cinco minutos depois, o mesmo Estoyanoff invadiu a área pela direita, bateu cruzado e obrigou Campaña a brilhar mais uma vez.

Porém, a noite era mesmo de Antonio “Tony” Pacheco. O atacante, ídolo da maior torcida uruguaia, já havia conquistado sete campeonatos nacionais com a camisa do Peñarol e foi o herói de mais uma conquista carbonera. Aos 39 minutos, o camisa 8 aproveitou sobra na marca do pênalti e fuzilou a bola para a rede, marcando o seu terceiro gol na partida, levando a torcida ao delírio no Centenário e garantindo a 49ª conquista nacional do Peñarol – e a sua oitava. O Defensor ainda descontou no minuto final, mas de nada adiantou. 

VAVEL Logo