Jonas marca, mas Valencia fica só no empate com Espanyol em casa
Valencia não consegue superar Espanyol e fica no empate em casa

O Valencia mais uma vez decepcionou os torcedores que foram ao Mestalla prestigiar a partida da equipe. O empate contra o Espanyol foi o quinto jogo seguido da equipe sem vencer, e as vaias no final deixaram claro que a torcida não está contente com a atual situação do clube dentro de campo.

Logo no começo de jogo, um susto, Cordoba recebeu bola de Sérgio Garcia e acertou um belo chute para abrir o placar. A equipe da casa respondeu alguns minutos depois e após lançamento de Banega, Paco recebeu na grande área empatou a partida. Após a metade da primeira etapa, o time da casa atuava bem e parecia que a virada era questão de tempo, e era. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Jonas testou firme para virar a partida. Porém, dez minutos depois, Mathieu derrubou Cordoba na área, penalti. Sérgio Garcia cobrou com perfeição e empatou novamente a partida. No segundo tempo o jogo era mais equilibrado, mas mesmo com as alterações e a grande partida de Jonas, o clube che não foi capaz de balançar as redes novamente.

Começo eletrizante e dominio do time da casa

Apenas um minuto foi necessário para que o placar fosse aberto no Mestalla. Logo no primeiro lance de perigo, Cordoba recebeu boa bola de Sérgio Garcia e bateu firme no canto de Diego Alves para abrir o placar para os visitantes. O Valencia, porém, não demorou muito para responder, após sofrer o gol, teve o domínio da partida e minutos depois, após grande lançamento de Éver Banega, Paco Alcácer recebeu na grande área e mandou para as redes para empatar a partida. Após o gol de empate a equipe da casa teve domínio da partida, porém o Espanyol assustava muito nas jogadas de velocidade com Sérgio Garcia e Córdoba.

Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio de Piatti, Jonas subiu mais do que todo mundo na área e testou firme para virar a partida, o brasileiro porém, não comemorou o gol, o que causou estranheza entre os torcedores do clube. Agora atrás do placar, o Espanyol se viu obrigado a se soltar mais no jogo em busca do gol de empate, e poucos minutos depois os visitantes quase responderam na mesma moeda, em escanteio cobrado por Simao, Colotto testou firme e Guardado tirou a bola quase que em cima da linha. O Valencia voltou a tomar conta da partida e aos 38, após boa troca de passes da equipe, Piatti cruzou na area e Paco Alcácer cabeceou com perigo e quase ampliou o placar para o time da casa.

O Valencia era superior, mas o Espanyol chegava com perigo, e aos 43 minutos, Cordoba recebeu dentro da área, Mathieu chegou atrasado e cometeu penalti no colombiano. Na cobrança, Sérgio Garcia bateu com perfeição, sem chances para Diego Alves, para novamente empatar a partida no final da primeira etapa.

Valencia não consegue mudar a história na segunda etapa

Segundo tempo começou e a primeira grande chance foram dos visitantes, após lançamento, Ricardo Costa se atrapalhou e deixou que Sérgio Garcia recebesse boa bola na entrada da área, porém, o atacante finalizou por cima da meta de Diego Alves. O Valencia respondeu com boa jogada pela esquerda Paco tentou o passe para a área, a bola foi desviada por um defensor e voltou para o mesmo que arriscou e a bola passou com perigo.

O time da casa já não tinha total domínio do jogo como antes, aos 9 minutos Victor Sanchez recebeu boa bola na grande área, limpou Mathieu mas foi travado por Guardado no ultimo momento evitando o que seria o terceiro dos visitantes. O jogo seguia equilibrado com boas chances para os dois lados, Jonas era o mais acionado pelo lado do Valencia e era dos pés dele que saiam a maioria das jogadas de perigo, já o Espanyol ainda assustava com a velocidade de seus atacantes, e aos 25 minutos Cordoba fez grande jogada ao arrancar do meio de campo e finalizar cruzado, a bola passou perto da meta do goleiro Diego Alves.

Alterações de Pizzi não surgiram efeito

O Valencia ainda buscava a vitória, mas já não era a mesma equipe da primeira etapa e precisava de alterações, o Espanyol já não levava perigo nos contra-ataques como antes, Pizzi então resolveu mexer na equipe, porém, as entradas de Michel e Canales pouco ajudaram a equipe. Poucos minutos após sua entrada, Michel arriscou de muito longe obrigando a Casilla a fazer grande defesa, mas foi só, a equipe do Valencia parecia nervosa em campo e não conseguia criar chances de perigo a meta do adversário, a entrada de Dorlán Pabón aos 35 da segunda etapa foi a ultima cartada de Pizzi, mas de nada adiantou e nem o colombiano nem ninguém conseguiu mudar a história do jogo que acabou em decepção, mais uma partida sem vitória na campeonato e equipe vaiada no final do jogo.

Com o empate, o Valência fica na 9° colocação com 25 pontos, um ponto atrás do Espanyol, 8° colocado. Agora a equipe de Pizzi terá que buscar a reabilitação no campeonato contra o Barcelona no Camp Nou, já o Espanyol, na próxima rodada, vai encarar o Bétis no Benito Villamarin.

VAVEL Logo