Com dor na virilha, Gerrard deixa o treino mais cedo
Gerrard embarca para seu quarto mundial como o grande líder de Roy Hodgson em campo (Foto: AP)

Recém chegada ao Rio de Janeiro, sua sede durante a competição, a Inglaterra já enfrenta problemas no condicionamento de seus jogadores. No primeiro treino do English Team na Urca, o capitão Steven Gerrard teve que deixa a atividade mais cedo devido a uma dor na virilha. A lesão já havia sentida na partida diante de Honduras, no último sábado (7), quando o volante foi substituido. Além de Gerrard, o meia Alex Oxlade-Chamberlain sofre com problemas no joelho e ainda corre o risco de ser cortado do Mundial.

LEIA MAIS: "Renegado" por Capello em 2010, capitão Gerrard diz estar mais confiante com Roy Hodgson

A expectativa porém é que o volante, peça fundamental na equipe, siga treinando cautelosamente e tenha condições de enfrentar a Itália no sábado (14) na Arena da Amazônia, em Manaus. Além dos italianos, a Inglaterra ainda vai enfrentar na primeira fase o Uruguai e a Costa Rica. O Grupo D, composto pelas equipes, é tido como o "grupo da morte" da Copa do Mundo 2014.

Recentemente elogiado pelo técnico Roy Hodgson, o capitão vem de uma temporada surpreendente no Liverpool, onde fez um de seus melhores campeonatos nos últimos anos. Jogando em uma posição mais recuada, Gerrard foi um dos destaques do campeonato, e agora vai ser o responsável por ligar a defesa e o ataque, devendo atuar  até como primeiro volante.

Além do jogador dos Reds, outro nome preocupa na seleção, o de Alex Oxlade-Chamberlain, meia do Arsenal. O jogador sofreu com uma lesão na temporada e ainda não está 100% recuperado. Na última quarta (4) o jogador deixou o gramado mancando em amistoso contra o Equador.

The Ox, como é conhecido, treina separado, focado em sua recuperação física e não deve estar pronto para a estreia. Caso os médicos e preparadores não virem um potencial de recuperação, o meia deve acabar cortado as vésperas do jogo de sábado.

VAVEL Logo