Avassalador, Olympique de Marseille goleia Reims e se isola na liderança da Ligue 1
Foto: Divulgação/Marseille

Avassalador, Olympique de Marseille goleia Reims e se isola na liderança da Ligue 1

Os comandados de Marcelo Bielsa não tomaram conhecimento do adversário e golearam por 5 a 0, destaque para Gignac autor de dois gols e artilheiro do Francês

junior-ribeiro
Junior Ribeiro
Stade de ReimsPlacide (Agassa, intervalo); mandi, roberge, conte, mavinga; bourillon (courtet, min. 62), albaek, devaux (fortes, intervalo), oniangué; moukandjo, charbonnier.
Olympique de MarseilleMandanda; dja djédjé, n'koulou, morel, mendy; imbula, romao (Lemina, intervalo), thauvin (Alessandrini, min. 63), payet, ayew; gignac (Batshuayi, min. 62).
Placar0 a 1, Gignac min. 8; 0 a 2, Gignac min. 19; 0 a 3, Ayew min. 52; 0 a 4, Ayew min. 59; 0 a 5, Imbula min. 74.
ÁRBITROAntony Gautier (FRA). Cartões amarelos: Mavinga, min. 7 e Morel, min. 11
INCIDENCIASPartida válida pela sétima rodada da Ligue 1, temporada 2014/15. Realizada no Stade Auguste-Delaune II, em Reims.

Abrindo a sétima rodada da Ligue 1, o Olympique de Marseille visitou nesta terça-feira (23) o Stade de Reims e goleou por 5 a 0. A equipe foi superior em todos os momentos da partida e emplacou a quinta vitória consecutiva na competição. Gignac e Ayew marcaram dois gols cada, Imbula também deixou o dele.

O Marseille entrou em campo em busca do resultado positivo. Com um tropeço a equipe poderia perder a liderança, mas com a vitória o OM se mantém na ponta da tabela pelo menos por mais uma semana. Gignac segue como o artilheiro da Ligue 1, agora com oito gols. O Reims não suportou o bom inicio do adversário e mesmo com o goleiro defendendo pênalti, saiu de campo derrotado e ameaçado pela zona da degola.

Com a goleada, o time de Marcelo Bielsa é líder com 16 pontos e saldo de 13 gols. Os Phocéens podem ser alcançados em números de pontos por Bordeaux e Saint-Étienne. O Reims está em 15º com sete pontos. De acordo com os resultados da rodada a equipe pode ficar na beira do rebaixamento.

Gigan desperdiça pênalti, mas marca dois gols

A primeira boa oportunidade foi do Reims. Em cobrança de falta erguida na área, Charbonnier cabeceou com muito perigo, à esquerda do gol de Mandanda. Aos seis minutos, Mavinga falhou duas vezes no mesmo lance. No primeiro momento perdeu a bola para Imbula que armou o contra-ataque, na sequencia derrubou Payet dentro da área e o arbitro marcou pênalti. Na cobrança, Gignac telegrafou o chute e Placide defendeu.

O pênalti perdido foi rapidamente perdoado. No minuto seguinte, Mendy cruzou na medida para Gignac mandar de cabeça para o fundo do gol, abrindo o placar. Mesmo com a vantagem o Marseille continuou no ataque. Thauvin foi lançando em diagonal, chutou colocado e Placide espalmou; na sobra Gignac não perdoou e marcou o segundo gol. Após cruzamento da esquerda, Thauvin tentou uma bicicleta e Ayew completou de cabeça, Placide esteve presente mais uma vez.

Remis tentava se defender das investidas pelas pontas e da pressão exercida pelo OM, Mendy dava muito trabalho aos zagueiros do time mandante. Em um dos poucos ataques dos rouges et blancs, Mandi disputou com Romao e caiu na área, o árbitro mandou o jogo seguir e a torcida reclamou. Nos minutos seguintes, os Phocéens seguiram no campo de ataque e não deram chances ao adversário.

André Ayew faz de letra e comanda goleada

Na volta do intervalo Gignac voltou a marcar, o atacante fez de cobertura, mas o assistente indicou impedimento. Superior na partida, o Marseille fez o terceiro com André Ayew. Thauvin tentou driblar Agassa, o goleiro que entrou no intervalo tirou parcialmente. Dja Djé Djé ficou com a sobra e cruzou, Ayew fez de cabeça.

Avassalador, os visitantes não demoraram muito para tornarem o placar em uma goleada. Thauvin fez boa jogada pela direita e bateu cruzado, o goleiro não agarrou e Ayew fez um golaço, tocando de letra. Os poucos torcedores do OM faziam a festa. Tentando o gol de honra, o Reims atacava. Moukandjo chutou da entrada da área, por cima do gol. Courtet dominou e acertou um belo voleio, Mandanda defendeu.

A partir da metade do segundo tempo o Olympique manteve um postura de administrar o resultado, aguardando o Reims em seu campo de defesa e saindo em velocidade. Albaek encontrou espaço e soltou o pé de fora da área, Mandanda fez excelente defesa. Os Marseillais responderam na mesma moeda: Imbula chutou com efeito e fez o quinto da partida.

O ritmo do jogo caiu, porém o Marseille teve alguns lances em que poderia ter esticado ainda mais o placar. A posse de bola ultrapassava os 60 por cento. Buscando um único gol, os mandantes pararam em uma defesa bem postada. Após dois minutos de acréscimo o árbitro encerrou a partida.

VAVEL Logo