Atlético de Madrid tem dois gols mal anulados e fica no empate com Athletic Bilbao

Atlético de Madrid e Athletic de Bilbao empataram em 0 a 0 na tarde deste sábado (02) no Vicente Claderón. O jogo válido pela 35ª da Liga BBVA teve como destaque o árbitro Jaime Latri, que anulou dois gols legais do Atlético de Madrid e deixou de dar um pênalti em Torres.

O primeiro tempo do jogo que reúne o Athletic Club e sua filial do início do século passado foi muito equilibrado. Poucas chances criadas e show da torcida rojiblanca da capital resumem a primeira etapa, que chegaram a abrir o placar, mas o gol de Griezmann foi corretamente anulado.

Com a troca do lado do campo, o Atleti melhorou e chegou a marcar mais duas vezes, com Griezmann e Tiago, ambos legais e muito mal anulados pelo árbitro Jaime Latri. Este, que já não havia marcado um pênalti em Fernando Torres na primeira etapa.

O empate deixa os colchoneros em terceiro lugar, aguardando Sevilla e Valencia jogarem na rodada. Já o Bilbao assume a 7ª posição, que dá uma vaga na Europa League e também espera o jogo do Málaga, secando-o.Ambas as equipes só jogam no próximo fim de semana. O Bilbao volta a campo no próximo sábado (09) no País Basco, recebendo o Deportivo la Coruña, enquanto o Atético visita o Levante no domingo (10).

Equilibrio, a marca do primeiro tempo

O primeiro tempo foi muito equilibrado e com poucas ocasiões de gol. Até a posse de bola foi dividida, com o Bilbao ficando 52% do tempo com ela. O destaque ficou a torcia do Atlético, que lotou o Vicente Calderón e jogou junto com o time.

A primeira chegada foi do Bilbao, aos 5 minutos, com Mikel San José. No escanteio batido pela direita, Torres não conseguiu afastar na primeira trave e San José cabeceou para fora. Aos 17 o Athletic chegaria de novo. Dessa vez com Kike Sola, em sua primeira partida como titular na Liga, de fora da área, mas finalizando mal.

A primeira chegada colchonera foi com Raúl García aos 19, que finalizou de primeira de fora área. A bola passou perto da trave de Iago Herrerín. Muita disputa no meio campo e pouca coisa criada foi a marca dos minutos seguintes.

Depois de uma finalização prensada de Iturraspe, que foi para escanteio, o Atleti passou a pressionar mais. Primeiro em um escanteio em que Herrerín saiu mal do gol e teve que dividir com Miranda no alto e depois com Torres. O atacante até conseguiu finalizar, com Herrerín defendendo, mas foi agarrado por Etxeita e chegou até a peitar o juiz pedindo pênalti.

Na jogada seguinte, Griezmann teve um gol anulado, pois estava completamente impedido após o bate rebate em mais uma cobrança de escanteio.

Atleti marca duas vezes mas juiz anula

O Atlético voltou diferente no segundo tempo, bem melhor. Não conseguia criar chances através de jogadas trabalhadas, mas foi muito mais contundente. Por outro lado, o principal destaque foi para o ábitro, que anulou dois gols legais so Atlético.

O primeiro, de Griezmann. Logo no começo da sgunda etapa, Tiago lançou Griezmann, que em posição legal, dominou e finalizou bem. Seria a abertura do placar, se o árbitro Jaime Latre não tivesse anulado. 

Quando Iraola saiu machucado e entrou Unai López, o Bilbao teve seus melhores momentos no segundo tempo. Aos 10, San José chutou mas a bola desviou no joelho de Kike Sola e foi para fora. Logo na sequência, Etxeita, após cobrança de escanteio apareceu sozinho e chutou por cima do gol.

O Atleti foi para cima para garantir o terceiro lugar da Liga, mas não conseguia criar chances claras. Cruzou seguidas bolas na área basca, mas quase sempre sem sucesso. Aos 25, outra polêmica. Tiago recebeu e marcou o gol. Porém, mais uma vez Jaime Latre anulou, equivocadamente. Havia mais de um jogador dando condições para Tiago.

No lance seguinte, Siqueira fez a ultrapassagem e foi a linha de fundo, cruzou para Griezmann que finalizou bem e Iago Herrerín fez uma espetacular defesa, mandando a bola para  alinha de fundo.

O Bilbao sempre tentou o contra ataque na segunda etapa. Aos 35, o mais perigoso. Unai López pela direita cruzou rasteiro, mas Guillermo, que também havia entrado a pouco, chegou de carrinho, mas não alcançou a bola. 

Através de Godín e Miranda, o Atleti criou mais duas vezes antes no final da partida. Ambas mal finalizadas e o 0 a 0 permaneceu no placar.

VAVEL Logo