Barcelona irá recorrer a Corte Arbitral do Esporte para tentar inscrever Arda Turan

O Barcelona sofre com as poucas opções de renome, principalmente no setor ofensivo. Com as lesões de Lionel Messi e Rafinha, restou utilizar os jogadores revelados nas categorias de base para suprirem as enormes ausências. Entretanto, a diretoria catalã contratou jogadores conhecidos por boas atuações em seus respectivos clubes anteriores, mas não pode escalá-los por causa de uma suspensão da Fifa devido ao uso de investidores na negociação de atletas.

O time catalão já teve recurso negado pela entidade máxima do futebol brasileiro. Caso não haja nenhum retorno da Fifa após nova investida do Barça, a diretoria promete interpelar à CAS (Corte Arbitral do Esporte) para inscrever Arda Turan nas competições nacionais e internacionais o quanto antes.

A decisão foi tomada em reunião ordinária da junta diretiva do clube. O Barcelona questiona a espera, que dura semanas, para saber qual a atitude a ser tomada pela Fifa. Além disso, os mandatários colocam em xeque aspectos da punição dada ao clube, como a não contratação de atletas em duas janelas de transferências, o que, segundo o ponto de vista catalão, já está cumprido. Também irão recorrer para poder inscrever atletas nas categorias de base.

“Se, nas próximas semanas, continuar o silêncio administrativo da Fifa, o FC Barcelona dará por encerrado este procedimento legal e apresentará recurso junto ao CAS”, revela o comunicado emitido oficialmente.

Com números expressivos nas últimas temporadas, o meia turco Arda Turan foi contratado na última janela de transferências, ocorrida no mês de julho. Antes de assinar contrato com a equipe catalã, o jogador atuou no Atlético de Madrid, e conquistou o Campeonato Espanhol 2013/14, além do vice-campeonato da Uefa Champions League na mesma temporada.

VAVEL Logo