Ibrahimovic marca duas vezes, PSG goleia Stade de Reims e segue invicto na Ligue 1

Na tarde deste sábado (20), o Paris Saint-Germain venceu mais uma na Ligue 1. A vitima da vez foi o Stade de Reims, em partida válida pela 27ª rodada. O time da capital francesa venceu por 4 a 1 com show de Zlatan Ibrahimovic. O sueco marcou dois gols e deu duas assistências. Gregory Van der Wiel e Edinson Cavani fecharam a goleada. Prince Oniangué descontou.

Líder absoluto do Campeonato Francês, o PSG venceu sua 23 partida nesta temporada. O time agora soma 73 pontos. Os rouges et blancs estão em 17º com 29 pontos, apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento. O próximo confronto do Paris SG será com o Lyon, fora de casa, no domingo (28), às 17h. Um dia antes, o Reims recebe o Bordeaux.

Antes da partida, Ezequiel Lavezzi foi homenageado pelo clube francês, onde recebeu um prêmio do presidente Nasser Al-Khelaifi e foi jogado para cima pelos seus ex-companheiros no centro do gramado. O argentino também deu o pontapé inicial.

Zlatan Ibrahimovic chama a responsabilidade no primeiro tempo

O PSG impôs seu jogo, ocupando a faixa ofensiva e mantendo a posse de bola. O time da capital assustou em cobrança de escanteio: Di María levantou na área, Thiago Motta cabeceou e Carrasso encaixou.

Aos 12 minutos, os parisienses abriram o placar: Van der Wiel tocou para Ibrahimovic e disparou pela direita. O sueco dominou e deu um passe espetacular para o lateral, que entrou no meio da defesa. O holandês teve tranquilidade e bateu na saída do goleiro, estufando as redes. O PSG colocou o Reims na roda, trocando passes curtos. Do outro lado, De Préville cobrou escanteio, Kurzawa tentou cortar, mas pegou mal na bola e quase marcou gol contra.

A pressão dos mandantes diminuiu e o time seguiu preguiçoso. O Reims chegava pouco ao ataque, mas quando conseguia espaço, não perdia a chance de arriscar à meta adversária. Oniangué soltou a bomba de fora da área e Trapp defendeu.

Na bola parada os visitantes conseguiram o empate: De Préville levantou no tumulto, Oniangué se antecipou ao goleiro e cabeceou para o fundo do gol. No lance, Trapp se chocou com Kurzawa. Lucas estava no banco, mas entrou aos 39 minutos da primeira etapa na vaga de Angel Di María, que pediu para sair. O argentino foi direto para os vestiários.

Antes do intervalo Ibrahimovic resolveu aparecer. Aos 43 minutos, Lucas fez boa jogada após triangulação e a defesa alvirrubra bloqueou o chute do brasileiro. A sobra ficou com Ibra que tentou duas vezes até conseguir mandar a bola para o fundo do gol. Nos acréscimos, Kurzawa passou para Ibrahimovic, o camisa 10 deu um toque de categoria que deixou Cavani na cara do gol, o uruguaio deslocou o goleiro e marcou o terceiro do PSG.

Vitória, goleada e invencibilidade mantida

Na volta do intervalo, os parisienses voltaram com a mesma postura. Lucas passou veio da direita para o meio em velocidade e tocou para Thiago Motta, o volante chutou rasteiro de fora da área, mas a bola foi pela linha de fundo. O jogo seguiu com domínio amplo do PSG, que ditava o ritmo das ações. Matuidi chutou com desvio de Devaux e acertou a rede pelo lado de fora.

Com ampla posse de bola, o quarto gol não demorou a acontecer: Matuidi abriu para Van der Wiel na direita, o lateral holandês cruzou na segunda trave e Ibrahimovic, de primeira, completou para as redes. O camisa 10 do PSG estava em clara posição de impedimento, mas o assistente Regis Gaillard não assinalou. Van der Wiel foi mais uma vez acionado pela direita, ele chutou rasteiro e Carrasso espalmou.

Em rápido contra-ataque o PSG quase marcou o quinto, Rabiot lançou Ibrahimovic, o sueco dominou e tocou de lado. Cavani que pegou bonito de primeira e soltou a bomba, Carrasso fez milagre. Nos minutos finais da partida, o time da casa cadenciou o jogo e rodou a bola, colocando a equipe vermelho e branco na roda.

VAVEL Logo