Sem esforços, Bayern derrota Hannover na despedida de Guardiola da Bundesliga

Na despedida de Pep Guardiola da Bundesliga, repetiu-se aquilo que o torcedor bávaro se acostumou no decorrer dos últimos anos: vitória. Na manhã deste sábado, na última rodada do certame, o Bayern de Munique venceu o já rebaixado Hannover 96 por 3 a 1. Lewandowski e Götze (duas vezes) marcaram para os Reds, enquanto Sobiech descontou para os visitantes.

Com o resultado, o time de Munique encerrou o Campeonato Alemão com 88 pontos, 10 a mais que o Borussia Dortmund, segundo colocado. O já rebaixado Hannover 96, por outro lado, ficou com a lanterna, com 25 pontos ganhos. Guardiola encerra de vez a sua passagem pela Baviera daqui a uma semana, quando o Bayern encara o Borussia Dortmund na final da Copa da Alemanha.

O Hannover 96 até ofereceu resistência no princípio da disputa. Marcou presença no campo de ataque, dificultou a saída de bola bávara e até ameaçou em um arremate de longa distância de Klaus. Aos poucos, porém, o Bayern de Munique impôs o seu ritmo e controlou a partida.

Quando o cronômetro marcava 11 minutos, Thiago esbanjou visão de jogo e acionou Coman com precisão. Às costas da zaga, o francês rapidamente cruzou para o companheiro que vinha de trás. A defesa rival afastou mal e a pelota sobrou nos pés de Lewandowski, que bateu de primeira e ainda contou com o desvio no meio do caminho para inaugurar o marcador.

Dono de uma temporada de pouco destaque, Mario Götze também queria deixar a sua marca. Aos 19, ele invadiu a área a dribles e tentou encobrir Zieler, que esticou o braço e fez a defesa. Pouco mais tarde, no entanto, não teve jeito. Götze recebeu pela direita, ingressou na área como quis e tocou sutilmente na saída do arqueiro rival: 2 a 0.

E não parou por aí. Já na etapa final, após a cobrança de escanteio, Albornoz tentou afastar, mas ofereceu a bola de presente para Götze. O camisa 19 aceitou o regalo e, no interior da área, soltou o pé, acertou o canto do arco e aumentou a vantagem dos Reds.

Ao menos no aspecto ofensivo, os visitantes melhoraram. A equipe já colecionava ao menos três boas oportunidades quando, aos 22, Gülselam dominou na intermediária de ataque e lançou Sobiech na grande área. O polonês venceu a dividida com Boateng e, de frente para o meta, concluiu com tranquilidade e diminuiu a diferença.

Após o tento, o Hannover ainda assustou com Prib, mas pecou no arremate e chutou em cima de Ulreich - que entrou na vaga de Neuer no início do segundo tempo. Já nos minutos finais, Vidal limpou a marcação e encheu o pé, mas Zieler operou um milagre. Depois, não havia tempo para mais nada: 3 a 1 e muita festa entre torcedores e atletas na Allianz Arena.

VAVEL Logo