Resultado Suíça x França na Eurocopa 2016 (0-0)
Jogo Suíça x França ao vivo online pela Eurocopa 2016
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Agradecemos a todos pela presença em mais uma transmissão,fiquem ligados que ainda hoje tem o pós jogo. A VAVEL Brasil agradece sua audiência. Um grande abraço à todos e até a próxima.

A França se classificou em primeiro lugar do grupo A com 7 pontos, a Suíça em segundo com 5 pontos.

47' FINAL DE JOGO !!! AS DUAS EQUIPES ESTÃO CLASSIFICADAS PARA A PRÓXIMA FASE!!!!

46' Lang faz o cruzamento Rodriguez foi puxado dentro da área e o árbitro mandou seguir o lance

45' Dois minutos de acréscimo

42' Payet cobra falta em cima do jogador da França

41' Gignac recebe o passe de Matuidi e Schär coloca a mão na bola. Falta para a França

40' Substituição na Suíça: Sai: Mehmedi. Entra: Lang

37' Cartão Amarelo para Koscielny

35' FOOOOOOORA Evra lançou Matuidi o qual finalizou em cima do zagueiro, a bola sobrou para Payet que chutou a bola passou raspando a trave

34' Substituição na Suíça: Sai: Shaqiri. Entra: Fernandes

32' Substituição na França: Sai: Griezmann. Entra: Matuidi

31' NA TRAVEEEEEE!! Sissoko arrancou pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou na segunda trave para Payet, livre, mandou de primeira, a bola explodiu no travessão e saiu

29' Substituição na Suíça: Sai: Embolo. Entra: Seferovic

25' As duas equipes estão errando muito passe na parte ofensiva

18' UUUUUUH Shaqiri cobra escanteio fechado e quase faz um gol olímpico.

17' Substituição na França: Sai: Coman. Entra: Payet

12' ESPAAAAALMA SOMMER!! Em ótima tabela entre Griezmann e Gignac, o camisa 7 mandou um foguete para a ótima defesa do goleiro

A BOLA FUROU!! Griezmann dividiu com Behrami e após o lance a bola aparece furada

8' UUUUUUUH Sissoko puxa contra-ataque e lança Gignac o qual dominou a bola e finalizou para a boa defesa do goleiro

4' Suíça começa atacando mais que a França na segunda etapa

2' Shaqiri cobra escanteio , Evra desvia de cabeça para tirar a bola de sua área

0' Começa o segundo tempo!!!

Suíça de volta para o segundo tempo, o time da França está voltando para a segunda etapa. Sem mudanças para o segundo tempo

Um primeiro tempo movimentado mas sem chances de gol. Apesar do empate ser interessante para as duas equipes, Suíça e França foram ao ataque, porém as duas defesas foram eficientes, deixando a partida com poucas oportunidades de gol. Pogba aos 12 minutos e aos 17, criou as melhores oportunidades da França

FINAL DE PRIMEIRO TEMPO!!

45' Um minuto de acréscimo

44' Dzemaili arrisca de longe, a bola foi por cima do gol

42' SAIIII SOMMER!! A Suíça perde a bola no meio de campo e Gignac é lançado por trás da zaga, o goleiro saiu do gol dando um bicão na bola

40' Dzemaili faz falta no meio de campo em Sissoko

36' Coman faz cruzamento rasteiro, Griezmann erra o chute e Lichtsteiner afasta a bola

35' Griezmann cobra escanteio a defesa corta sem problemas.

33' Coman no meio de dois recebe falta.

28' Embolo recebe dentro da área e finaliza em cima da defesa

25' Cartão Amarelo para Rami

20' Mehmedi arranca pelo lado esquerdo e chuta cruzado, o goleiro só acompanhou

17' NA TRAVE!!! Pogba arrisca de fora, a bola explode na trave

12' QUASE POGBA!! Coman invadiu a área e bateu prensado, na sobra Pogba finalizou para boa defesa do goleiro.

11' UUUUUUH Pogba recebeu a bola de frente para o gol, limpou, e mandou uma bomba, o goleiro espalmou, a bola ainda bateu na trave

8' UUUUUUH Shaqiri cobra escanteio na segunda trave, a defesa da França vacilou e Djourou ficou livre para finalizar, mas mandou para fora

5' Dzemaili foi lançado, o defensor da França chegou primeiro na bola, o árbitro marcou falta do Suíço.

2' Griezmann cobra escanteio, Schar tira de cabeça

1' Griezmann rolou para Pogba finalizar em cima do zagueiro

0' Começa o jogo!!!

Agora é a hora do Hino Nacional Francês ser cantado pelo estádio inteiro!!!

Hino Nacional da Suiça sendo executado!!

As duas equipes estão em campo!!!

Começa a festa de abertura do jogo!

Leia Mais: Suíça e França se enfrentam em confronto direto por liderança do Grupo A da Eurocopa

O estádio Pierre-Mauroy está completamente lotado!! também existe grande quantidade de torcedores aos arredores do estádio.

Suíça escalada!!! Sommer; Lichtsteiner, Schär, Djourou e Ricardo Rodriguez; Behrami, Dzemaili e Xhaka; Shaqiri, Embolo e Mehmedi

França escalada!!! Lloris; Sagna, Rami, Koscielny e Evra; Sissoko, Cabaye e Pogba; Coman, Gignac e Griezmann

As duas equipes fazem o aquecimento no gramado do estádio Pierre-Mauroy

Suíça e França já se enfrentaram 37 vezes, 12 vitórias da Suíça 9 empates 16 vitórias da França

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia). Assistentes: Jure Praprotnik (Eslovênia) e Robert Vukan (Eslovênia). Quarto árbitro: Marco Fritz (Alemanha). Linha de fundo: Matej Jug (Eslovênia) e Slavko Vin?i (Eslovênia).

LEIA MAIS: Suíça e França se enfrentam em confronto direto por liderança do Grupo A da Eurocopa

O Stade Pierre-Mauroy, na grande Lille, receberá o jogo entre Suíça e França. A casa do LOSC tem capacidade para 49822 nesta Eurocopa. O local foi construído em 2012.

Foto: Mike Hewitt/Getty Images

Vladimir Petkovi?, técnico da Suíça, lembrou em entrevista coletiva o último jogo oficial entre as seleções: “Não estamos pensando muito na derrota que sofremos frente à França na Copa do Mundo de 2014, por 5 a 2. E certamente não estamos à procura de uma vingança. Preferimos focar-nos no presente, que é o que importa. Queremos mostrar à França que conseguimos jogar futebol tão bem quanto sua seleção.

Hugo Lloris, goleiro e capitão da França, falou sobre o protagonismo de alguns jogadores: “A competição é muito grande e acredito que as nossas estrelas estão se resguardando para os momentos importantes. Mesmo assim, as coisas vêm naturalmente te e para isso nosso grupo tem que estar nas melhores condições; físicas e mentais. E o Griezmann já decidiu a partida contra a Albânia. São jogadores de nível e fizeram uma ótima temporada com seus clubes.

FIQUE DE OLHO! Granit Xhaka, meia da Suíça. O jogador de 23 anos disputará a próxima temporada pelo Arsenal. Ele começou sua carreira no Basel e estava no Borussia Mönchengladbach desde 2012. Habilidoso, o meio-campista é a esperança suíça contra a França.

Foto: James Baylis/Getty Images

FIQUE DE OLHO! Antoine Griezmann, atacante da França. Diferenciado. Esse termo define o jogador de 25 anos do Atlético de Madrid. Ele marcou 34 gols em 59 partidas nesta temporada, contando jogos pelo clube e pela seleção. Na última partida ele veio do banco e resolveu.

Foto: Alex Livesey/Getty Images

A França leva vantagem no histórico de confronto. Em 37 partidas disputadas entre essas seleções, os Bleus venceram 16 vezes, a Suíça ganhou em 12 oportunidades, além de nove empates. Apenas um jogo entre eles aconteceu em Euro. Foi em 2004, os franceses venceram por 3 a 1, pelo Grupo B. Zidane e Henry, duas vezes, marcaram para a França. Vonlanthen descontou.

Nesta Eurocopa, os dois melhores de casa grupo avançam para as oitavas de final. Os quatro melhores terceiros colocados – em seis grupos – também asseguram vaga no mata-mata. A França lidera seu grupo com seis pontos. A Suíça está em segundo com quatro pontos. A Romênia tem apenas um ponto e a Albânia nada. Se os suíços vencerem, classificam-se em primeiro. Os romenos necessitam vencer e torcer por uma derrota da Suíça e ainda tirar o saldo de gols. O primeiro critério de desempate é o confronto direto.

As duas seleções começaram a Eurocopa 2016 com vitórias. A França bateu a Romênia por 2 a 1 e a Suíça ganhou da Albânia por 1 a 0. Na segunda rodada, os franceses venceram os albaneses com dois gols no fim do jogo, já os suíços empataram em 1 a 1.

Suíça x França em tempo real Euro 2016

LEIA MAIS: Guia VAVEL da Eurocopa 2016

E então chegamos a 2016, ano em que a França sediará pela terceira vez em sua história a competição. Será que o tri dos franceses também acontecerá? Isso nós iremos descobrir no dia 10 de julho, no Stade de France, onde será a grande final do torneio. A VAVEL, por sua vez, fará uma cobertura única durante todo o mês de Eurocopa!

Pelo segundo ano seguido, a Euro de 2012 teve como anfitriões dois países: Polônia e Ucrânia. Foi vencida pela Espanha, se tornando a primeira nação a ganhar três torneios oficiais em sequência (Euro 2008, Copa do Mundo 2010 e Euro 2012). Foi marcada também pela Euro com maior número de gols de cabeça na história (26 dos 76 gols) e também com um gol não marcado no jogo da Inglaterra e Ucrânia pela fase de grupos, onde o replay mostrou que a bola passou a linha de gol. Isso fez com que o então presidente da Fifa, Sepp Blatter, abraçou a ideia.

Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Quatro anos mais tarde, a Áustria e Suíça sediaram o que seria a segunda vez que dois países dividiriam a organização. Este ano ficou marcado como o primeiro da era vitoriosa que a Espanha viveu (venceria a Copa do Mundo de 2010 e a Euro de 2012), além de encantar o mundo com o futebol de posse de bola. Os espanhóis venceram o torneio com um gol de Fernando Torres na final contra a Alemanha, sendo o primeiro título desde 1964, levando o país à loucura nas comemorações.

Foto: Matthew Ashton/Getty Images

Na Uefa Euro 2004, assim como em 1992, produziu uma chateação: a Grécia, que só havia se classificado pra uma Copa do Mundo em sua história e uma Eurocopa, venceu os anfitriões de Portugal por 1 a 0 e, no caminho para a final, bateu os atuais campeões da França, além da República Tcheca com um gol de prata, regra que substituiu o gol de ouro em 2003. Depois disso, acabou sendo eliminado no futebol.

No ano de 2000 aconteceu o que seria o primeiro torneio a ser sediado por dois países: Holanda e Bélgica. Recém-campeão da Copa do Mundo, a França venceu a Euro por 2 a 1 na final contra a Itália, quando estava perdendo por 1 a 0 no tempo normal (vencida na prorrogação). Eram os favoritos e sobreviveram às expectativas.

A Inglaterra sediou a primeira Euro com 16 seleções, formato que continuou assim por 20 anos. O país-sede foi eliminado nos pênaltis pela Alemanha, que viria a vencer o torneio por 2 a 1 contra a recém-formada República Tcheca, graças ao primeiro gol de ouro marcado em uma competição oficial. Essa, porém, foi o primeiro título da Alemanha unificada.

O torneio então se seguiu para a Suécia, a primeira vez que a Euro era disputada na Escandinávia. Os vizinhos da Dinamarca, no entanto, foram os grandes vencedores daquele ano de 1992, porém só puderam disputar a final pois a Uefa não permitiu que a Iugoslávia jogasse-a, visto que alguns de seus estados estavam em guerra. Os dinamarqueses venceram a Holanda nos pênaltis na semifinal e bateram a Alemanha unificada por 2 a 0. Curiosidade: primeiro torneio em que a Alemanha disputou sendo uma só.

Em 1988, a Holanda venceu na casa dos seus rivais, Alemanha Ocidental. Com direito a vitória sobre os donos da casa por 2 a 1 nas semifinais, venceram a União Soviética na grande final disputada em Munique por 2 a 0, onde Marco van Basten marcou um dos gols que entrou para a história: um voleio sobre o goleiro pela direita. Reveja:

Quatro anos mais tarde, a França venceu o seu primeiro torneio oficial e em casa. Sede da competição pela segunda vez, os franceses viram Michel Platini marcar um recorde de nove gols em apenas cinco jogos, incluindo o primeiro gol na final, que acabou por 2 a 0 contra a Espanha. O formato mudou naquela vez: os dois primeiros colocados dos grupos disputariam a semifinal. A disputa de terceiro lugar foi eliminada.

No ano de 1980, a Euro passaria a ter oito seleções disputando o troféu. Foi disputada novamente na Itália e viu-se a criação da fase de grupos na competição, onde os vencedores deles disputariam a final e os segundo colocados iriam ver quem ficava com a medalha de bronze. A Alemanha Ocidental venceu a Bélgica por 2 a 1, em jogo disputado no Olímpico de Roma.

Nas próximas duas disputas, a Alemanha Ocidental venceu em 72 na Bélgica, mantendo uma base para seu título da Copa do Mundo em 74. Quatro anos mais tarde, a Tchecoslováquia foi campeã na última vez que quatro seleções disputavam o torneio na recém-criada disputa de pênaltis, batendo a atual campeã.

Conforme os anos iam se passando, a Euro passou a ter maior visibilidade no continente. Um atestado disso seria o aumento, mais uma vez, para 31 seleções nas eliminatórias, dessa vez para jogar no ano de 68, sediada e vencida pela Itália. Foi o único ano em que uma partida foi decidida na sorte, vencida pelo país sede contra a União Soviética na semifinal. A campeã precisou vencer a Iugoslávia num replay por 2 a 0 depois de ter empatado por 1 a 1 no primeiro jogo.

A Espanha, desistente no torneio anterior, sediou a Euro em 1964, ano em que foi visto mais seleções participando das eliminatórias, pulando de 17 para 29. Alemanha Ocidental continuava sem participar e, naquele ano, a Grécia desistiu depois de ter sido sorteado um confronto com Albânia, país em que estava em guerra. Os anfitriões venceram por 2 a 1, em Madri, contra a atual campeã União Soviética.

Na primeira vez que a Euro foi disputada, apenas 17 clubes tentaram a chance de chegar na fase final do torneio. Naquela ocasião, a Espanha chegou a desistir nas quartas de final devido a protestos políticos. Grandes seleções que não participaram daquela vez: Inglaterra, Alemanha Ocidental, Itália e Holanda. A grande campeã foi a União Soviética, vencendo a Iugoslávia por 2 a 1, em final realizada em Paris.

O campeonato começou a ser realizado em 1960, contendo apenas quatro seleções. Esse número seguiu até 1976, porque em 1980 oito seleções passaram a participar do torneio até que a partir de 1996, há 20 anos atrás, 16 times chegavam até a fase final da disputa pelo caneco. Essa sucessão de mudanças na quantidade de participantes mudará nesta Euro de 2016, quando 24 equipes farão parte do certame.

A Eurocopa, ou Campeonato Europeu de Futebol, e o principal torneio entre seleções do velho continente, acontecendo a cada quatro anos. Antigamente era chamado de Taça das Nações Europeias, mudando para o nome atual em 1968.

Boa tarde, torcedor e leitor da VAVEL Brasil! Fique agora com mais uma transmissão em tempo real, dessa vez entre Suíça x França, pela terceira rodada da fase de grupos da Eurocopa 2016. A partida será às 16h, pelo horário de Brasília. Fique conosco!

VAVEL Logo