Atlético de Madrid visita Celta de Vigo visando esquecer péssimo início

Embalados em uma sequência negativa, Atlético de Madrid e Celta de Vigo se enfrentam neste sábado (10) em partida que será realizada no Estádio de Balaídos, em Vigo e válida pela 3ª rodada do Campeonato Espanhol. Para ambas as equipes, trata-se de uma expectativa de recomeço na competição após duas péssimas partidas.

Os Celestes ocupam a penúltima colocação na tabela após duas derrotas, sendo uma delas para o Leganés na partida de estréia da equipe nesta temporada e outra para o Real Madrid, na última rodada. Apesar da derrota, a partida contra o Real deixou o torcedor um pouco mais esperançoso, já que os celestes foram às redes. A partida terminou 2-1 para os Blancos.

Os Colchoneros, por sua vez, não tiveram o início de temporada esperado. Companheiro de Real e Barça na luta pelo título, os comandados de Simeone ainda não se encontraram na competição e sofreram dois empates contra times considerados "fracos", o Leganés e o Deportivo Álaves, ambos recém promovidos à elite espanhola.

Atlético e Celta se enfrentaram 4 vezes na temporada passada, duas pela La Liga e duas pela Copa do Rei. As partidas válidas pela La Liga foram vencidas pelo Atléti, ambas pelo placar de 2-0. Já pela Copa do Rey, o Celta levou vantagem uma vez que empatou o primeiro encontro entre as equipes e venceu a partida decisiva por 3-2 o que - na ocasião - levou à equipe para as semi-finais da competição.

Berizzo: "Necessitamos de um time forte para jogar contra o Atlético"

O treinador do Celta de Vigo, Eduardo "Toto" Berizzo, afirmou em entrevista pré-jogo que espera que seu time seja muito sólido tendo em vista a capacidade técnica e tática do time adversário. Berizzo ainda ressaltou a qualidade do elenco do Atlético, que segundo ele: "jogam sempre igual, independente dos 11 iniciais".

"Necessitamos de um time muito forte para enfrentarmos uma equipe muito sólida. O Atlético é um time que tem intensidade e é sólido, precisaremos nos equiparar no quesito solidez. O centro de campo vai ser disputado, precisaremos de agressividade e força física". afirmou o treinador, já ressaltado a dificuldade que deverá ser encontrada no meio-campo.

"Quem puder mover-la [a bola] com inteligência, evitando a pressão do rival, poderá dominar a partida. São duas equipes muito intensas, que pressionam muito o rival e provocam muitos erros. Sendo assim, quem tiver a posse de bola, usará desta pressão para comandar a partida", completou.

Para a partida deste domingo, Berizzo não contará com Orellana, machucado. Em contrapartida, será a primeira partida em que o treinador terá como opção no banco de reservas o atacante Giuseppe Rossi, recém chegado ao clube. Que - segundo o treinador - está buscando se adequar ao ritmo da equipe.

Simeone: "É justo que sejamos criticados"

Esta frase destacada no título foi o que ditou a coletiva de imprensa do treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone. Após dois resultados ruins, a equipe chega pressionada para a o duelo deste sábado. Além disso, a sanção imposta pela Fifa, que limita Real e Atlético a poderem contratar apenas de 2018, também foi citada.

Quando questionado sobre a sanção, Simeone foi categórico ao desviar da pergunta afirmando: "Me limito a comentar apenas ao futebol. Estou centrado na partida contra o Celta. A diretoria tem trabalhado em alternativas para a possível sanção. É complicado dar uma opinião com relação ao elenco nessa altura da competição. Poderei falar melhor quando acabar a temporada", afirmou.

Quando questionado sobre o seu adversário deste sábado, Simeone afirmou: "Berizzo tem conseguido se reinventar constantemente e isso é de se elogiar nele. Conseguiu compensar muito bem as saídas de Augusto e também Nolito. Eles não dependem de um jogador só, possuem talentos que equilibram a equipe, está claro", concluiu.

Para a partida, Simeone não possui desfalques e espera voltar de Vigo com os três pontos, cruciais para uma possível briga pelo título junto aos seus rivais. No entanto, caso seja derrotado, o time muda seu foco para se afastar da parte de baixo da tabela apesar de um rebaixamento ser muito improvável.

VAVEL Logo