Huesca busca empate no fim e disputa por acesso contra Getafe segue aberta
Foto: Divulgação/La Liga

Na abertura dos playoffs da segunda divisão espanhola, Huesca e Getafe fizeram um jogo disputado na base da motivação com o objetivo de saírem na frente em busca de uma vaga na elite do futebol espanhol. Os visitantes abriram boa vantagem no segundo tempo, mas permitiram o empate dos donos da casa no último lance. O jogo, disputado no Estádio El Alcoraz nesta quarta-feira (14), terminou empatado em 2 a 2.

Molina marcou os dois gols do Geta, enquanto os Oscenses empataram com Vinícius Araújo e Camacho. Com o resultado, o Azulão tem a vantagem do empate sem gols e em 1 a 1 para seguir em busca da vaga na elite nacional. Aos jogadores da Cruz de São Jorge, resta a vitória ou empate acima de 3 a 3. Nova igualdade em 2 a 2 garante o Getafe por ter feito melhor campanha na temporada regular. Não há disputa por penalidades máximas nessa fase.

O segundo e decisivo confronto acontece às 16 horas do próximo sábado (17), no Coliseum Alfonso Pérez, na região metropolitana de Madrid.

Foto: Divulgação|La Liga

Primeiro tempo equilibrado

Durante toda a partida, prevaleceu a motivação dos jogadores, que foi bastante superior à tática. A primeira boa chance veio com o Huesca, quando Samu Sáiz tentou acionar Borja Lázaro, mas o goleiro Guaita se antecipou e fez a defesa. As equipes trocavam passes na área, mas não conseguiam levar perigo aos goleiros. Quando conseguiam finalizar, não assustavam a meta oponente.

Uma outra boa oportunidade veio quando Vadillo cobrou falta com precisão, mas o zagueiro Carlos David não desviou o suficiente para entrar. Enquanto o Huesca se lançava ao ataque e tinha maior posse de bola, embora isso não resultasse em finalizações, o Getafe se concentrava em cadenciar o jogo e tentar balançar as redes em um momento preciso para chegar ao gol dos mandantes, o que praticamente não aconteceu durante toda a etapa inicial.

Foto: Divulgação|La Liga

Segundo tempo disputado

Na etapa final, sobrou emoção. Logo no começo, o Getafe foi ao ataque e levou perigo. Os visitantes chegaram e tiveram excelente chance. Aos cinco minutos, Fuster deu lançamento em profundidade para Jorge Molina e o atacante foi derrubado dentro da área pelo zagueiro Jair. A arbitragem assinalou penalidade máxima. Na cobrança, o próprio Molina encheu o pé e acertou o ângulo para abrir o placar.

O jogo ficou equilibrado, mas o Huesca avançou suas peças em busca do empate. Porém, o time sofreu um duro golpe. Aos 28 minutos, Chuli deu passe para Portillo e o jogador cruzou para a área. Molina aparece sozinho para cabecear, marcar o segundo gol do Getafe e deixar o Azulão na frente.

O Getafe tinha uma excelente vantagem longe de seus domínios, mas não conseguia cadenciar o jogo, segurar a bola no meio de campo e gastar o tempo. O Huesca adiantou suas peças e foi para o tudo ou nada. Um dos promovidos foi Vinícius Araújo. Aos 30 minutos, segundos depois de entrar em campo, o atacante brasileiro recebeu em velocidade e bateu na saída de Guaita para diminuir o placar.

Nos últimos minutos, pressão ainda maior. O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. E, aos 49 minutos do segundo tempo, Vinícius tocou para David López, que acionou Camacho para empatar o placar e dar números finais ao jogo.

VAVEL Logo