Técnico do Leverkusen, Heiko Herrlich lamenta revés: "Depois desse desempenho, dói um pouco"
Dominik Kohr, Thomas Müller e Corentin Tolisso na Allianz Arena (Reprodução/Bayer Leverkusen)

A Bundesliga finalmente retornou nessa sexta-feira, e o Bayer Leverkusen foi para o sul alemão para enfrentar o poderoso Bayern de Munique, comandado por Carlo Ancelotti. O time de Heiko Herrlich, porém, saiu da Allianz Arena derrotado - foram três gols dos bávaros contra um dos aspirinas. No meio da chuva em Munique, o estreante Niklas Süle marcou seu primeiro tento com a equipe, e, após ele, Tolisso também deixou o seu, como Lewandowski, que concretizou um pênalti. Já o Leverkusen revidou com a promessa Julian Brandt, fazendo o seu gol de honra.

Na conferência de imprensa, o goleiro Bernd Leno declarou que consegue ver um lado positivo mesmo na derrota: ''Notamos que a equipe atendeu ao caminho que o treinador nos deu.'' Já Herrlich disse: ''Não é agradável, depois de um desempenho desses, tudo dói um pouco. É um bom reconhecimento, que nós enfrentamos uma equipe como o Bayern e conseguimos ter boas chances.'', completou. O técnico continuou: ''Nós poderíamos ter chegado a dois outros gols. Isso é irritante.''

''O resultado é totalmente irritante. O Bayern não teve muitas chances, mas fizeram os dois gols. No segundo tempo, nós conseguimos os atacar bem, mas muitas chances foram perdidas.'', declarou Kevin Volland, o atacante da equipe, frustrado. O próximo jogo do Bayer Leverkusen será contra o Hoffenheim, no dia 26 de Agosto, pela segunda rodada do campeonato.

VAVEL Logo