Em jogo truncado, Southampton vence Everton em casa pela Premier League
(foto: Reprodução/Southampton)

Em jogo truncado, Southampton vence Everton em casa pela Premier League

Richarlison  começou como titular na partida, mas assim como seus companheiros, teve um desempenho baixo e o Everton acabou perdendo fora de casa

samueljmsoares
Samuel Soares

Neste sábado, 19, o Southampton recebeu a visita do Everton no St’s Mary Stadium e bateu os blues  pelo placar de 2 a 1. Os gols da equipe da casa foram marcados por Ward-Prowse e Digne, contra. Sigurdson balançou as redes para os visitantes. Os brasileiros Richarlison e Bernard começaram como titulares, mas tiveram uma atuação abaixo do esperado.

Primeiro Tempo

Os minutos iniciais da partida não tiveram um domínio claro de apenas uma equipe. Os dois times buscavam ir ao ataque quando tinham a posse de bola, entretanto o Southampton chegava com mais qualidade e tinha mais espaço para trabalhar no campo ofensivo. Redmond e Ings pressionavam a saída de bola dos adversários forçando o chutão.

A primeira grande chance da partida foi aos 15 minutos, após escanteio cobrado, o atacante Ings finalizou com perigo de cabeça e obrigou Pickford a fazer bela defesa.

Já o time de Marco Silva teve sua primeira boa jogada trabalhada aos 20 minutos de jogo. O time trocou passes de forma rápida e Bernard escorou de primeira para a finalização de Lookman, que foi desviada para escanteio.

Os blues conseguiram equilibrar um pouco mais a partida e impedir o ímpeto do adversário. Mesmo que as duas equipes estivessem participando bastante da partida, ambas tinham muito espaço para trabalhar suas jogadas. E em um momento de desatenção do sistema defensivo do Everton, Redmond recebeu uma enfiada e disparou em direção ao gol adversário com um marcador apenas. Finalizou na trave.

Aos 40 minutos, outra bola na trave do Everton. Em mais uma chegada de Danny Ings, o meia Gomes tentou cortar a bola da área e acertou a trave quase marcando gol contra. E a primeira etapa acabou sem gols.

Segundo Tempo

A segunda etapa começou com algo que não tinha acontecido nos primeiros 45 minutos. O goleiro McCarthy fez a primeira defesa do jogo ao ser exigido após grande chegada do Everton. Mas quem abriu mesmo o placar foram os Saints. Aos 49 minutos, Ward-Prowse carregou a bola até a meia lua e acertou um belo chute paracolocar o time da casa na frente do marcador.

O gol do adversário fez os Blues mudarem sua postura, era claro o desespero da equipe para tentar construir jogadas ofensivas com mais eficiência. O treinador Marco Silva tirou Gomes e colocou Calvert-Lewin. Apesar da posse de bola maior, Bernard, Richarlison e Sigurdson não faziam boa partida e isso refletia diretamente no desempenho da equipe.

Apesar da mudança, e indo ao ataque, o Everton dava liberdade para o contra-ataque dos Saints. E foi em um desses lances que o atacante Redmond ia finalizando para o gol, mas Digne cortou na direção do gol, marcando contra.

Na sequência, o técnico dos Blues tentou fazer mudanças para tentar buscar o empate mas não foram eficientes. A equipe dos Saints seguia confortável na partida, apenas administrando o resultado.

Oa visitantes tinham dificuldades de criar jogadas e pouco incomodava o time da casa. Apesar de desmontrarem que pareciam ter aceitado o resultado, Sigurdson aproveitou uma sobra de bola na entrada da área e chutou rasteiro para diminuir o placar. Apesar do gol, o Everton não conseguiu assustar o Southampton nos últimos minutos.

Na próxima rodada os Saints mais uma vez jogam em casa, recebendo o Crystal Palace. O Everton joga fora de casa novamente, contra o Huddersfield.

VAVEL Logo