"Não jogamos nosso melhor futebol", lamenta a artilheira do Arsenal Beth Mead, após eliminação para o PSG
Foto: Reprodução/ Arsenal Football Club

Neste sábado (22), a equipe do Arsenal deu adeus à Women´s Champions League, com a derrota de 2 a 1 para o Paris Saint-Germain. Apesar do gol de Beth Mead, aos 39 minutos de jogo, as parisienses saíram vitoriosas com as conversões de Antonieta Katoto e Signe Brunn.

Se posicionando como liderança Gunner diante da eliminação, Mead fala com a imprensa sobre a performance de sua equipe e como o Arsenal perdeu a chance de alcançar às semifinais do principal torneio continental feminino.

"Não jogamos nosso melhor futebol, ficamos nas mãos delas. Talvez não seja falta de experiência nessa competição, mas jogamos muita bola longa e elas são poderosas em explorar qualquer erro seu. Apesar disso estou orgulhosa da minha equipe, tivemos circunstâncias difíceis relacionadas à preparação", comenta a atacante ao The Guardian.

Demonstrando desgaste físico na segunda etapa, o Arsenal teve seu desempenho impactado com a falta das atividades recentes, ao contrário das suas rivais francesas. Durante a última meia hora de partida, jogadoras como Vivianne Miedma sentiram pequenas lesões e tiveram dificuldades de terminar a partida com melhor rendimento.

Visualmente emocionada com a emoção, Mead ainda disparou contra a BT Sport, que havia questionado um possível impedimento em seu gol. A jogadora aproveitou para falar sobre o peso desse feito, apesar do resultado negativo.

"Não tenho certeza se o entrevistador (da BT Sport) realmente precisava apontar que o meu gol era impedimento. Minha equipe acabou de ser eliminada da Europa e foi um jogo e tanto", destaca Mead.  

Pontos positivos

Apesar da derrota, as Gunners podem se orgulhar de alguns desempenhos individuais. A meio-campista Lia Walti foi a melhor jogadora da equipe, enquanto Beth Mead foi a mais decisiva. A ponta direita Lisa Evans também foi uma das principais jogadoras nesta noite.

Para a sequência da temporada, as jogadoras do Arsenal terão pela frente o Reading, pela Women´s Super League, no dia 6 do próximo mês. Já o time do Paris Saint-Germain, que tem estrelas brasileiras em seu elenco, como Formiga e Luana, enfrentarão o Lyon, atual campeã da competição. 

VAVEL Logo