Suárez arranca empate, Uruguai soma primeiro ponto e classifica Chile na Copa América
Foto: Divulgação/Asociación Uruguaya de Fútbol (AUF)

Maior campeão da Copa América, com 15 títulos, o Uruguai encarou o Chile na terceira rodada do Grupo A, empatou em 1-1 e portanto continua sem vencer na atual edição do torneio. O ponto conquistado foi suficiente para garantir a presença de La Roja no mata-mata.

Martín Lasarte escalou o Chile com três zagueiros, tirando Jean Meneses. A equipe apostava mais nos contra-ataques, tanto que finalizou apenas sete vezes durante os 90 minutos e marcou na única bola que foi na direção do gol.

Após a derrota para a Argentina na estreia, Oscar Tabárez mudou escalação do Uruguai, promovendo a entrada de Vecino e Arrascaeta no meio de campo, mas no geral investiu muito nos lançamentos. O jogador do Flamengo começou a todo vapor e inclusive finalizou duas vezes nos primeiros 10 minutos, mas Bravo levou e melhor em ambas. Cavani e Nicolas De La Cruz também se movimentaram bastante, mas quem abriu o placar foi o Chile.

Atacante do Atlético-MG, Eduardo Vargas marcou o segundo dele na Copa América aos 26. Ele balançou a rede com o pé direito, acertando o canto esquerdo de Muslera, após jogada com Brereton, que havia marcado o único gol na vitória sobre a Bolívia. O artilheiro chileno ainda trouxe uma dor de cabeça para Lasarte, visto que foi substituído na etapa final ao sentir dores na coxa direita.

O Chile ainda perdeu o zagueiro Maripán, lesionado, no final do primeiro tempo, e Roco entrou em campo. Neste período os uruguaios continuaram mais presentes no ataque, inclusive com as subidas dos laterais Viña pela esquerda e González pela direita, mas sem conseguir incomodar Bravo.

O Uruguai voltou do intervalo com um Cáceres e Nández nas vagas de González e De La Cruz. Com mais posse de bola (60%), a equipe encontrava dificuldade em furar o sistema defensivo chileno, com a linha de cinco atrás e mais três volantes. Arrascaeta também saiu na etapa final e seu substituto, Facundo Torres, cobrou escanteio que terminou com gol de Suárez. Vecino desviou no meio do caminho e o centroavante apareceu na segunda trave para empurrar pro gol de pé direito. 

Enquanto isso, os chilenos só conseguiram chegar com mais perigo em chutes de fora da área de Vidal, Brereton e Meneses. A melhor chance foi aos 33, quando Arriagada chutou rente à trave esquerda de Muslera.

O desgaste físico também atingiu Vidal, que saiu aos 22, e Pulgar, que acusou dores na coxa esquerda e deixou o time chileno com um jogador a menos, porque Lasarte já havia estourado o limite de substituições.

Com 10 em campo, o Chile quase sofreu a virada no final do jogo, em cabeçada de Cavani e chute de fora da área de Suárez, mas ambos erraram o alvo e, mesmo com cinco minutos de acréscimos, a seleção conseguiu segurar o empate até o fim.

Classificação e próximos jogos

Já classificada, a seleção chilena ainda cumpre tabela diante do Paraguai na quinta-feira (24), enquanto o Uruguai possui mais dois jogos pela frente nesta fase de grupos - Bolívia na quinta-feira e Paraguai na segunda-feira (31).

Os adversários das quartas de final saem do grupo B, formado por Brasil, Colômbia, Peru, Venezuela e Equador.

VAVEL Logo