Heindeheim bate Erzgebirge Aue e conquista primeiro trunfo na 2. Bundesliga

Partida foi válida pela primeira rodada e foi adiada por causas das fortes chuvas no dia programado; Blau-rot vence primeira partida na segunda divisão alemã

Heindeheim bate Erzgebirge Aue e conquista primeiro trunfo na 2. Bundesliga
Foto: Divulgação/Bundesliga
Heidenheim
2 1
Erzgebirge Aue

O Heidenheim enfrentou o Erzgebirge Aue na Voith-Arena pelo complemento da 1ª rodada da 2. Bundesliga 2017/18, nesta quarta-feira (9). A partida foi remarcada por conta das fortes chuvas que castigou o gramado naquela oportunidade e por isso ambos jogaram nesta semana. E os dois times vinham de derrota e buscavam a recuperação.

Num jogo disputado os mandantes venceram pelo placar de 2 a 1 com gols de Thiel e Titsch-Rivero. Para os visitantes o gol foi de Soukou. Com o resultado os blau-rot somaram seus primeiros três pontos e subiram para 10° colocação. Já os violetas ainda não pontuaram e estão em último.

A próxima partida do Heidenheim é diante do Unterhaching no Alpenbauer Sportpark no próximo sábado (12). Enquanto que o Erzgebirge Aue joga diante do Wehen Wiesbaden na Brita-Arena no próximo domingo (13).

O time da casa abriu o placar aos 23 minutos o capitão da equipe Marc Schnatterer recebeu de Griesbeck e em seguida levantou a bola na área para Thiel dominar e mandar na saída do goleiro Männel, colocando sua equipe em vantagem.

Só que não demorou muito para os violetas chegarem ao empate aos 31 minutos, Wydra serviu para Köpke, o atacante invadiu a área e arriscou em cima de Müller, o arqueiro fez a defesa e no rebote Soukou sem marcação deixou o duelo igual.

Na etapa final a equipe visitante perdeu seu zagueiro Dennis Kempe pelo segundo cartão amarelo e como já tinha tomado antes acabou sendo expulso e deixando seu time com um jogador a menos.

Nos instantes finais aos 37 minutos os mandantes marcaram seu segundo gol, em uma grande jogada que começou no campo de defesa e acabou numa linda troca de passes, Verhoek deu um passe de letra para Titsch-Rivero tocar no canto direito de Männel e decretar o primeiro triunfo da sua equipe.

Alemanha