Com dois de Finnbogason na reta final, Augsburg arranca empate contra Freiburg

Islandês garante ponto importante em reação histórica dos bávaros para encerrar turno e se manter na parte superior da tabela de classificação

Com dois de Finnbogason na reta final, Augsburg arranca empate contra Freiburg
Foto: Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images
Augsburg
3 3
Freiburg
Augsburg: Hitz; Opare (Framberger, min. 23), Gouweleeuw, Hinteregger e Max; Rani Khedira (Schmid, min. 76), Baier, Heller (Sergio Cordova, min. 71), Gregoritsch e Caiuby; Finnbogason. Técnico: Manuel Baum.
Freiburg: Schwolow; Kübler, Koch, Söyüncü e Günter; Haberer, Höfler, Ravet (Kaputska, min. 93) e Terrazzino (Stanko, min. 90); Petersen e Kleindienst (Kath, min. 77). Técnico: Christian Streich.
Placar: 1-0, Finnbogason, min. 1. 1-1, Günter, min. 20. 1-2, Nils Petersen, min. 48. 1-3, Nils Petersen, min. 65. 2-3, Finnbogason, min. 91. 3-3, Finnbogason, min. 93.
ÁRBITRO: Christian Dingert | Cartões amarelos: Baier (AUG, min. 42), Haberer (FRE, min. 57), Petersen (FRE, min. 70) e Söyüncü (FRE, min. 80).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 17ª rodada da Bundesliga 2017-18, disputada na WWK Arena

Um jogo movimentado deu continuidade à 17ª e última rodada do turno da Bundesliga. Na WWK Arena, o Augsburg encarou o Freiburg em um jogo onde a vitória era fundamental para as pretensões dos dois clubes. Embora os donos da casa abrissem o placar logo no primeiro minuto, os visitantes construíram enorme vantagem na maior parte do jogo. Entretanto, os bávaros foram buscar o empate nos acréscimos. Ao fim das contas, empate em 3 a 3.

Com o resultado, o Augsburg permaneceu na nona posição na tabela de classificação, com 24 pontos. Por outro lado, o Freiburg não se desgarra da parte de baixo e estaciona no 13º lugar, com 19 pontos, quatro acima da zona de repescagem. Com a pausa de inverno, o Campeonato Alemão volta a ser disputado a partir do próximo mês de janeiro.

Mal a bola rolou e o placar foi aberto. Logo no primeiro minuto de partida, Finnbogason aproveitou rebote para deixar o primeiro dos seus três gols no jogo. O gol marcado no minuto inicial animou os bávaros, que partiram para o ataque pelo embalo da vantagem adquirida e quase ampliaram com Gregoritsch. Porém, aos poucos, o Freiburg começou a reagir e logo veio o empate. Aos 20 minutos, Kleindienst acionou Günter dentro da área, e o lateral-esquerdo bateu rasteiro no meio do gol para igualar o marcador. O jogo ficou bem disputado, mas as redes não foram mais balançadas na etapa inicial.

Foto: Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images

Os primeiros 45 minutos foram uma pequena amostra do que viria à frente. Os times foram ao ataque e fizeram uma etapa complementar muito mais movimentada. Aos três minutos, o Freiburg virou o jogo. Nils Petersen aproveitou cruzamento e desviou com cabeceio no canto direito de Hitz. E o atacante da equipe da Floresta Negra ainda conseguiu ampliar a vantagem aos 20. Kleindienst cruzou e Petersen finalizou rasteiro para deixar a vantagem em 3 a 1.

Porém, após as modificações promovidas pelos dois treinadores, o jogador de referência no ataque do Augsburg voltou a decidir e mostrar sua importância para os bávaros. Aos 46 do segundo tempo, Max cruzou com o pé esquerdo e o atacante islandês subiu mais alto que a defesa para desviar de cabeça para as redes. Aos 48, Finnbogason aproveitou cruzamento de Gregoritsch para marcar seu terceiro gol no jogo e dar números finais ao movimentado confronto.