Real Madrid joga mal, mas vira sobre Sporting no fim na estreia da UCL

Merengues não jogam bem, mas fazem dois gols nos minutos finais e garantem importantíssimo triunfo

Real Madrid joga mal, mas vira sobre Sporting no fim na estreia da UCL
Foto: Angel Martínez/Getty Images
Real Madrid
2 1
Sporting Lisboa
Real Madrid: Casilla; Carvajal, Varane, Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos (James Rodríguez, Min. 77) e Modric; Bale (Lucas Vázquez (Min. 67), Benzema (Morata, Min. 67) e Ronaldo. técnico: Zinedine Zidane
Sporting Lisboa: Rui Patrício; João Pereira, Coates, Rúben Semedo e Zeegelar; William Carvalho, Adrien Silva (Elias, Min. 73), Gelson Martins (Markovic, Min. 70) e Bruno Cesar; Bryan Ruiz (Campbell, Min 90+2) e Bas Dost. técnico: Jorge Jesus
Placar: 0-1, Bruno César, Min. 47; 1-1, Ronaldo, Min. 89; 2-1, Morata, Min. 93
ÁRBITRO: Paolo Tagliavento (ITA); Adrien Silva (Min. 39), William Carvalho (Min. 57), Zeegelar (Min. 65), Kroos (Min. 75)
INCIDENCIAS: partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da uefa champions league 2016/17, realizada no estádio santiago bernabéu, em madri, espanha

Foi sofrido, mas a vitória veio. Nesta terça-feira (14), o atual campeão Real Madrid fez sua estreia na edição 2016/17 da Uefa Champions League, onde recebeu o Sporting Lisboa e venceu, no sofrimento, por 2 a 1, de virada, no final do jogo. Cristiano Ronaldo Álvaro Morata marcaram para os merengues, enquanto Bruno César fez para os portugueses. Merenggues chegam a três pontos, mesma pontuação do líder, por saldo de gol, Borussia Dortmund. Sporting zerado.

Na próxima rodada, o Real Madrid terá o primeiro dos dois grandes duelos do grupo, quando visita o Borussia Dortmund no dia 27 (terça-feira), às 15h45. No mesmo dia e horário, o Sporting recebe o lanterna Legia Varsóvia.

Sporting se comporta muito bem e não deixa Real Madrid criar

Se alguns achavam que o jogo não seria tão difícil para os merengues, eles estavam muito enganados. Desde os primeiros minutos, o Sporting fazia um jogo ótimo, marcando extremamente bem a equipe espanhola e preenchendo muito bem os espaços. Por outro lado, o Real Madrid tinha uma dificuldade enorme de atacar, trocando muitos passes, mas com pouco objetivo.

A primeira boa chegada da partida aconteceu logo aos 7' e com os visitantes, quando Gelson Martins aproveitou erro de Sergio Ramos, ganhou do zagueiro na velocidade e finalizou cruzado, mas Kiko Casilla fez boa defesa. O Real Madrid rondava bastante a área da equipe portuguesa, mas a falta de movimentação de Karim Benzema e Cristiano Ronaldo complicava as coisas.

Os merengues finalizaram ao gol pela primeira e única vez aos 26', quando Cristiano Ronaldo recebeu no meio e arriscou de muito longe, com efeito, ams Rui Patrício mandou para escanteio. Depois disso, a partida seguiu muito equilibrada, com o Sporting seguindo muito bem na parte defensiva e tentando nos contra-ataques, buscando velocidade de Gelson Martins, enquanto os merengues ficaram com muito mais posse de bola, mas com apenas uma finalização ao gol, o que acarretou num primeiro tempo sem gols no Santiago Bernabéu.

Merengues tomam susto, mas viram no final e garantem importante triunfo

O Real Madrid, tendo em vista a fraca atuação na primeira etapa, voltou com a intenção de melhorar seu jogo e ir em busca do gol, de preferência logo cedo. Porém, não foi bem assim. Logo com dois minutos de segunda etapa, saiu o gol, mas da equipe portuguesa, quando Bryan Ruiz tentou o passe, Sergio Ramos não conseguiu afastar e a bola sobrou para o brasileiro Bruno César, que finalizou de chapa, no canto, sem chances para Kiko Casilla: 1 a 0 Sporting.

O Sporting, mesmo após o gol, seguiu jogando e marcando muito bem. Os merengues só começaram a crescer no jogo na metade do segundo tempo, quando a equipe portuguesa se fechou total e deixou os merengues jogarem com mais espaço no meio. Aos 36', quase o empate, quando Carvajal cruzou da direita e Cristiano Ronaldo desviou na segunda trave, mas a bola foi na trave. Dois minutos depois, James Rodríguez cruzou da esquerda e Carvajal pegou de primeira, mas a bola foi para fora.

Só que no final do jogo, os espanhóis mostraram mais uma vez porque não se pode comemorar resultado antes do tempo em jogos contra eles. Aos 44', Elias derrubou Cristiano Ronaldo na entrada da área: falta para o Real Madrid. O mesmo Cristiano foi para a cobrança e bateu com perfeição, sem chances para Rui Patrício, que ainda resvalou na redonda, mas não evitou o gol: 1 a 1.

E no apagar das luzes, saiu o gol da virada merengue, e como sempre no minuto 93, quando James recebeu com muito espaço na esquerda, avançou e cruzou com perfeição na cabeça de Morata, que cabeceou com força, Rui Patrício tocou na bola, mas mais uma vez não conseguiu evitar o gol que garantiu a vitória merengue no Bernabéu: 2 a 1 Real Madrid.