Simeone lamenta eliminação precoce do Atleti, mas ressalta: “Não é um fracasso”

Comandante do Atleti explicou que a temporada é longa e agora o objetivo é focar em todas as competições restantes

Simeone lamenta eliminação precoce do Atleti, mas ressalta: “Não é um fracasso”
(Foto: John Patrick Fletcher/Getty Images)

Após o empate com o Chelsea pelo placar de 1 a 1, o Atlético de Madrid acabou sendo eliminado da Uefa Champions League logo na fase de grupos do torneio. Com o resultado negativo e precoce da equipe colchonera, o técnico Diego Simeone falou sobre a situação e garantiu ser difícil de explicar a campanha do seu time que agora irá disputar a Uefa Europa League.

Na coletiva, Simeone lamentou a eliminação e garantiu que a dor é a consequência da beleza do futebol. O treinador também lembrou que a equipe conseguir conquistar mais pontos sobre o primeiro colocado (Roma) do que contra o lanterna (Qarabag) do grupo. “Dói como consequência de que o futebol é maravilhoso. Ficamos fora mesmo tendo ganhamos mais pontos sobre o primeiro do que o último colocado. Não procuramos desculpas e assumimos a responsabilidade. O jogo contra o Qarabag, com 10 chances de gols sem converter é difícil de explicar”, lamentou Diego.

Apesar de cair de forma precoce na competição, Diego disse que ser eliminado não é um fracasso, mas sim uma situação normal que poderia acontecer. O treinador também afirmou que a temporada ainda é longa e tem muito que disputar. “Não é um fracasso. Era uma situação que poderia acontecer. A falha é quando você não alcança uma coisa que você acha que pode cumprir. A temporada é bastante longa e tem muito pela frente. Estamos bem, ainda que seja difícil de explicar como estamos fora da Champions”, comentou o técnico.

Simeone também destacou que agora mesmo com a situação complicada de ser eliminado, o foco da equipe vai ser voltado para todas as competições que ainda restam e irá brigar por todos os títulos que sobraram na temporada. “O sentimento, além deste cenário negativo, é que a equipe vai competir pela La Liga, Copa do Rei e Liga Europa”, garantiu.

Para finalizar sua entrevista, o técnico do Atleti foi perguntado sobre uma possível saída do clube após a eliminação, mas garantiu que ainda não acabou o seu ciclo na equipe. “Não, pelo contrário, isso abre um novo desafio e uma nova esperança para continuar lutando. Tudo o que é ruim, para nós, torna-se bom”, afirmou o comandante sobre sua permanência.

Agora fora da Uefa Champions League, a próxima partida do Atlético de Madrid será no domingo (10), às 13h15, onde enfrenta o Real Betis fora de casa pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/18. A partida será no estádio Benito Villamarín, casa do Betis. O Atleti é o terceiro colocado da competição com 30 pontos, seis a menos que o líder Barcelona.