Importante peça defensiva do Lanús, Braghieri está fora da final da Libertadores

Zagueiro recebeu terceiro cartão amarelo em Porto Alegre e está fora da decisão

Importante peça defensiva do Lanús, Braghieri está fora da final da Libertadores
Foto: Divulgação / Club Atlético Lanús

O Lanús perdeu uma de suas imprescindíveis peças defensivas, trata-se de Diego Braghieri. O zagueiro desempenha papel relevante na qualificada saída de bola. É um dos quatro jogadores que mais acerta passes na Copa Libertadores 2017, e igualmente tem o jogo aéreo como um de seus pontos fortes.

Braghieri levou seu terceiro cartão amarelo e desfalcará a equipe argentina na decisão. O zagueiro recebeu nos acréscimos da etapa final após falta em Jael. No entanto, só veio após um minuto depois falta e muita reclamação dos jogadores do Grêmio. O atleta sentiu muito o fato e deixou o campo em Porto Alegre com lágrimas nos olhos.

“Fico chateado, muito chateado que me amarelaram na final e eu vou ficar fora da próxima partida… Sei que meus companheiros vão entrar e tentar seu melhor”, disse o defensor da equipe argentina.

Apesar de sua ausência, e o resultado desfavorável, Diego demonstrou confiança na sua equipe e declarou ainda no gramado da Arena que o elenco já passou por situações piores e conseguiu superar.

“Revertemos placares piores. Faltam 90 minutos, e estamos otimistas”, disse, referindo-se aos placares já revertidos pelo Lanús na Libertadores. O 2 a 0 diante do San Lorenzo e o 4 a 2 diante do River Plate.

Agora fica o grande mistério de quem fica com a vaga do zagueiro. No treino fechado na manhã deste domingo (26), o técnico Jorge Almirón testou o zagueiro Marcelo Herrera e Maxi Velázquez, um dos dois jogará ao lado de Maxi García Guerreño.

“A única dúvida que tenho passa por quem jogará na vaga de Braghieri. O resto segue o mesmo. Quem for escolhido vai jogar bem.”, ressalta Almirón.

Segundo a imprensa argentina, a escalação treinada teve: Andrada; Gómez, Guerreño, e Marcelo Herrera (Maxi Velazquez); Marcone, Martínez e Pasquini; Silva González, José Sand e Acosta. Apesar de não revelar quem será o substituto de Braghieri, o comandante mostrou confiança no seu elenco para a decisão.

“São 90 minutos muito importantes. Temos que fazer uma partida inteligente. Ser pacientes e não entrar em desespero. Não posso assegurar o resultado, mas vamos dar tudo. Estou convencido de que a equipe estará preparada. Já demonstramos nessa Copa, jogaremos com o apoio incondicional dos nossos torcedores”, disse o técnico em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (27).

Contudo, o Lanús decide a Libertadores nessa quarta (29), às 21h45, el La Fortaleza. Como perdeu por 1 a 0 no jogo de ida, os argentinos precisam superar os gaúchos por, pelo menos dois gols de diferença para levantar a inédita taça. Caso vença por um gol de diferença, a partida irá para a prorrogação. Se o período extra encerrar empatado, a decisão será nas cobranças de pênaltis.