Leicester segura empate fora de casa contra Man United e 'seca' Tottenham para ser campeão

Resultado de 1 a 1 não garante título dos Foxes, que precisa que os Spurs não vençam o Chelsea nesta rodada; United se afasta de vaga à UCL

Leicester segura empate fora de casa contra Man United e 'seca' Tottenham para ser campeão
Empate foi pior para os Red Devils, que se afastam da UCL (Foto: Getty Images)
Manchester United
1 1
Leicester
Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Blind, Rojo; Carrick, Fellaini (Ander Herrera, min. 75), Lingard (Mata, min. 62), Rooney, Martial; Rashford (Depay, min. 82). Técnico: Louis van Gaal
Leicester: Schmeichel; Simpson, Huth, Morgan, Fuchs; Drinkwater, Kanté, Schlupp (Albrighton, min. 77), Mahrez (King, min. 88); Okazaki (Gray, min. 67), Ulloa. Técnico: Claudio Ranieri
Placar: 1-0, min. 8, Martial. 1-1, min. 17, Morgan
ÁRBITRO: Michael Oliver, auxiliado por Gary Beswick e Lee Betts. Amarelos: Lingard, Carrick, Rooney (MUN); Drinkwater (LEI). Vermelho: Drinkwater (LEI)
INCIDENCIAS: 36ª rodada da Barclays Premier League 2015-16, no Old Trafford, em Manchester, Inglaterra

Precisando da vitória para garantir o título, o Leicester segurou o 1 a 1 com o Manchester United, fora de casa, e agora pode ser campeão da Premier League nesta segunda-feira (2), desde que o Tottenham não vença o Chelsea fora de casa. Com 77 pontos, os Foxes tem oito de vantagem na liderança. Já os Red devils sobem a 60, na 5ª colocação, quatro pontos atrás do rival Man City, que é o 4º.

Os dois times jogam na penúltima rodada no sábado (7). Às 8h45, o Man United enfrenta o Norwich, fora de casa, enquanto o Leicester, às 13h30, recebe o Everton.

United começa fulminante, mas Leicester melhora e iguala

O começo do United foi muito dominante. Com muita posse de bola, aproveitava o aparente nervosismo do rival para dominar. Antes mesmo de seu gol, o time já pressionava. E aos 8, Lingard avançou pela direita e soltou para Valencia, que descolou ótimo cruzamento de três dedos e encontrou na segunda trave Martial, que bateu de primeira e mandou por baixo das pernas de Schmeichel para fazer 1 a 0.

Os Red devils continuaram superiores na partida após seu gol, com muita movimentação na frente, e com um Leicester muito recuado. Aos 11, o time visitante teve sua primeira chance. Mahrez recebeu na linha de fundo e cruzou para Okazaki, que desviou de cabeça, à esquerda do gol. Aos 13, Rojo levantou para a área, Fellaini ajeitou de peito e Lingard bateu forte, mas Schmeichel caiu no canto para fazer grande defesa.

Como em inúmeras partidas de futebol, foi a bola parada que mudou o panorama do jogo. Aos 16, em falta cobrada por Drinkwater, Morgan antecipou Rojo e desviou de cabeça para empatar em Manchester. A partir daí, o Leicester conseguiu equilibrar a partida e, mesmo sem posse de bola, cadenciou mais a partida.

O Manchester Utd terminou o primeiro tempo com 65% de posse de bola, como já era esperado, em com 11 finalizações, contra cinco do Leicester. Apesar desse número alto de remates, grande parte dos chutes do United foram bloqueados. E os Foxes, em sua característica, tiveram suas chances. Aos 39, em bola roubadano campo de ataque , Drinkwater tabelou com Ulloa e, já dentro da área, bateu para o gol, e a bola desviada passou próxima do gol de De Gea. No fim, os mandantes foram superiores, mas não conseguiram sair para o intervalo em vantagem.

United pressiona no final, mas Leicester resiste

Apesar de o segundo tempo se manter com vantagem grande na posse de bola, o Leicester foi mais perigoso durante grande parte dos 45 minutos finais. Logo com um minuto, em bola levantada pela esquerda, Morgan tocou de cabeça e Ulloa ainda desviou antes de De Gea segurar.

Aos 18, Drinkwater bateu falta para a área, Ulloa deslocou Blind e cabeceou para o gol, mas mandou por cima. Sete minutos depois, Mahrez fez jogada individual pela direita, passou por três e arriscou de fora da área, mas De Gea tirou de soco.

O Man United rondava a área do Leicester e trabalhava para achar espaços na defesa rival, mas grande parte das jogadas eram interceptadas antes de uma conclusão perigossa. Aos 32, Rooney levantou a bola para a segunda trave, Smalling desviou de cabeça e a bola explodiu na trave do Leicester.

Os Foxes conseguiam manter o jogo controlado, mas aos 43, em arrancada pela esquerda, Depay foi puxado por Drinkwater em cima da linha e o árbitro marcou falta fora da área, mas aplicou o segundo amarelo ao jogador do Leicester, que foi expulso. Na cobrança, Rooney tentou direto para o gol, mas Schmeichel espalmou. Nos minutos finais e acréscimos, o United empurrou o rival contra sua defesa, mas Schmeichel e a defesa azul seguraram o 1 a 1 que aproxima ainda mais o time de Ranieri de um título inédito.