Geninho entrega cargo e não é mais técnico do São Caetano
Geninho foi o segundo técnico do São Caetano na temporada (Foto: Divulgação/AD São Caetano)

* Especial para a Vavel Brasil

A passagem de Geninho pelo São Caetano durou um pouco mais de um mês. Nesta terça-feira, o treinador se reuniu com a diretoria do Azulão e saiu do clube sem ter vencido uma partida sequer.

O técnico havia entregue o cargo na última segunda-feira, após a derrota de 3 a 1 para a Ponte Preta, mas os diretores do clube não aceitaram a decisão de Geninho, entendendo que ele não era culpado pela atual situação (último colocado do Campeonato Paulista, com cinco pontos em 11 jogos).

Porém, em almoço nesta terça, o técnico reforçou o pedido de não seguir no comando da equipe e foi liberado pela diretoria. Em sete jogos, foram apenas um empate (contra o Corinthians) e seis derrotas.

De acordo com o clube, o próximo treinador já assume o time para o jogo contra o Palmeiras, neste domingo, às 16h, pela 12ª rodada do Paulistão Chevrolet.

Caso Danielzinho

O clube divulgou uma nota esclarecendo que o atacante Danielzinho não possui página em nenhuma rede social e que um perfil falso teria causado uma discussão com torcedores da Ponte Preta.

"Quero deixar claro que não sou cadastrado em nenhum de tipo rede social. Nunca tive facebook, twitter, instagran, ou qualquer outro do gênero. Criaram um perfil falso e ficam retrucando os torcedores da Ponte Preta. Não tenho nada a haver com estas provocações. Respeito muito qualquer torcida e entendo que eles são passionais", disse o jogador.

VAVEL Logo