Rafael salva novamente e Santos vence Mogi nos pênaltis

Neste sábado (04), o Mogi Mirim recebeu o Santos no estádio Romildão em jogo válido pela semifinal do Campeonato Paulista e perdeu nos pênaltis por 5 a 4 após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Sem poder contar com os laterais-direitos Bruno Peres e Galhardo, o técnico Muricy Ramalho teve que improvisar o meia Felipe Anderson na posição.

O Santos partiu para cima desde o início do jogo e quase abriu o placar aos três minutos.  Neymar cobrou escanteio e a bola sobrou para Miralles cruzar na cabeça de Edu Dracena que finalizou no contrapé de Daniel que fez um excelente defesa.

A partir dos 15 minutos, a partida ficou truncada. As duas equipes erravam muitos passes e não conseguiam chegar com perigo no gol adversário.

Aos 44 minutos o Mogi abriu o placar. Caramelo fez ótima jogada para cima do veterano Léo e rolou para Val que cruzou na cabeça de Roni que testou para as redes e abriu o placar.

No início do segundo-tempo, Montillo sentiu o músculo da coxa esquerda e foi substituído pelo centroavante André.

O Santos fazia uma partida apática, sem sangue, sem vontade, sem talento, mas aos 30 minutos Neymar cobrou falta na área, Cícero cabeceou para grande defesa de Daniel, no rebote Miralles cruzou para Edu Dracena empatar a partida.

Depois do gol, o Santos passou a administrar o jogo e o Mogi Mirim chegou a assustar em cobranças de faltas para a área, mas sem ninguém para concluir. Com o empate a partida foi para os pênaltis.

O destaque nas cobranças foi novamente o goleiro do Santos, Rafael, que defendeu as cobranças de Carlos Alberto e Roni (Juninho acertou o travessão). Tiago Alves, Roger Gaúcho, Wagninho, Val marcaram pelo time de Mogi.

Pelo Santos, Cícero, André, Neymar, Leo, Edu Dracena marcaram enquanto Miralles chutou por cima e o goleiro Daniel defendeu o chute de Renê Júnior.

Agora, o Santos espera o vencedor do confronto entre São Paulo e Corinthians para a decisão nos dois próximos finais de semana.

VAVEL Logo