De olho no G-4, Botafogo enfrenta o Volta Redonda no Maracanã

Com o objetivo de se classificar para as semifinais do Campeonato Carioca, o Botafogo recebe o Volta Redonda, nesta quinta (20), às 19h30, no Maracanã. O técnico Eduardo Húngaro repetirá a escalação da rodada anterior, com o time titular em campo. 

O capitão Bolívar se recuperou das dores no joelho direito e retorna à equipe no lugar de Dankler, que o substituiu na vitória sobre o Duque de Caxias. Companheiro de zaga, Dória comemorou o retorno do General. "Bolívar é um cara com quem me dou super bem dentro e fora de campo. Fico muito tranquilo ao lado dele", disse.

O jovem zagueiro ainda acrescentou a importância de cada partida para o crescimento da equipe. "Temos que dar um passo de cada vez. É claro que queremos vencer todos os jogos e pensamos nisso sempre. Mas é melhor pensar partida por partida. Não podemos perder não só para os times pequenos, mas para ninguém. Temos que vencer amanhã (quinta) para chegar bem na quarta que vem", afirmou.

Comandado por Eduardo Húngaro, o Glorioso realizou um treinamento na tarde desta quarta (19) e repetiu o coletivo entre o time principal, que entrará em campo, e o time reserva, que enfrenterá o Fluminense no próximo domingo (23). A novidade no time reserva foi a presença do recém-contratado Zeballos. Caso esteja regularizado até sexta, o atacante entrará em campo contra o Flu.

O técnico alvinegro destacou a força do adversário. "O Volta Redonda já esteve disputando para não ser rebaixado e escapar das últimas colocações. Mas isso foi quando ainda não tinha encontrado seu melhor futebol, seu estilo de jogo. A coisa mudou e o time está em uma crescente neste Campeonato Carioca, merecendo o máximo de nossa atenção. Mas o Botafogo tem seus planos neste estadual e a vitória é o único resultado que nos interessa", disse Húngaro. Com 11 pontos conquistados, o Bota entrará em campo com: Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro; Wallyson e Ferreyra. 

Já o adversário Volta Redonda, que ocupa a 11ª colocação no campeonato, encara o Alvinegro visando a aproximação do G-4. A equipe, do técnico Toninho Andrade, conta com a experiência do meia Glauber, camisa 10 do Voltaço, para tentar superar o time de General Severiano.

O comandante da equipe garantiu que vontade não vai faltar. "A motivação é muito grande. Jogaremos contra um grande clube, no estádio da final da Copa e sabemos que, com uma vitória, poderemos ganhar boas posições na tabela e aproximar do G-4. Nosso time vem crescendo ao longo da competição e temos condições de superar esse desafio", declarou. O Voltaço vai a campo com: Gatti; Rodrigo Paulista, Marcelo, Gilberto e João Paulo; Bruno Barra, Zé Augusto, Glauber e Laionel; Tiago Amaral e Preto

Apita o jogo Estevão da Cunha Trindade, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Patrícia Silveira de Paiva. 

VAVEL Logo