Ricardo Drubscky não é mais técnico do Criciúma
Treinador era criticado pela torcida (Foto: Caio Marcelo / Agencia RBS)

Ricardo Drubscky não é mais treinador do Tigre. Após os maus resultados e a pressão da torcida, a direção se reuniu nesta quinta-feira (20) e optou pela saída do técnico, que deixa a equipe na 3° colocação do Campeonato Catarinense. Na quarta-feira (19), o Criciúma empatou com o Marcílio Dias, após ter saído atrás do placar, e piorou a situação de Drubscky à frente do time.   

O treinador não tinha o apoio da torcida, que sempre o criticava, e os resultados não estavam vindo. Desde a chegada ao Criciúma, ele não tinha empatia com o torcedor. Com os resultados que teve, era vaiado pela torcida que chegou a criar uma página para o treinador no Mercado Livre, colocando o técnico à venda. 

Uma das justificativas para a demissão foi que o treinador não conseguiu entrosar o grupo, que mesmo com vitórias, jogava mal e sempre pedia paciência aos torcedores. Ele chegou a ser defendido por dirigentes e jogadores após o empate sem gols com o Avaí, quando diziam que a equipe iria melhorar e só precisava ter calma.

Drubscky treinou o Criciúma em sete partidas, com três vitórias, três empates e uma derrota, tendo o aproveitamento de 57,1%. A direção ainda não anunciou o substituto, mas informou que logo será anunciado.

Para o jogo de domingo, contra o Juventus, às 18h30, no Estádio João Marcatto, pela oitava rodada do campeonato Catarinense, o auxiliar técnico Wilson Vaterkemper, o Wilsão, comandará a equipe de forma interina. 

VAVEL Logo