Marcelo Moreno reclama da arbitragem depois de clássico e acaba expulso
Moreno foi o autor do gol celeste no clássico (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Após a derrota do Cruzeiro nesse domingo (11) no clássico contra o Atlético-MG por 2 a 1, com atuação controversa da arbitragem, o atacante boliviano Marcelo Moreno acabou expulso ao reclamar com o árbritro Héber Roberto Lopes. Moreno reclamava do pênalti marcado para o Atlético-MG, que decretou a virada do time alvinegro, da expulsão do atacante Luan e do impedimento mal marcado de Alisson, que originaria uma chance clara para o meia celeste.

"Eu acho que fizemos um grande jogo, mas a arbitragem deixou a desejar. Uma expulsão e um pênalti prejudicaram nossa luta pela liderança. No final, num lance normal fui falar com o juiz e ele me expulsar sem falar nada é injusto. Quero ver o que ele vai colocar na súmula", disse Moreno.

O atacante saiu de campo fazendo gestos de roubo e chamando o árbitro de ladrão. Moreno, explicando o que havia acontecido, não tirou o mérito do Galo e agora projeta o duelo contra o San Lorenzo na quarta feira (14), pelas quartas de final da Copa Libertadores:

"Eu falei que foi injusto a expulsão do Luan e que não foi pênalti, normal. Tomara que isso possa melhorar a arbitragem. Isso sempre acontece com o Cruzeiro. Não tiro o mérito do Atlético-MG, que fez um grande jogo. Agora é levantar a cabeça e pensar na final contra o San Lorenzo".

VAVEL Logo