Giovanni lamenta falha que garantiu a derrota do Galo para o São Paulo
O defensor ficou ainda mais abatido pelo erro ter ocorrido no final da partida (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Diante do São Paulo, estava quase certo que o Atlético-MG colocaria mais um ponto na conta. Mas, no fim da partida realizada nesse sábado (31), no Morumbi, um erro do goleiro Giovanni acabou decretando a vitória do tricolor. O feito pesou tanto para o time mineiro quanto na consciência do reserva de Victor.

No lance ocorrido aos 44 minutos do segundo tempo, Dorlan Pabón cobrou uma falta de longe, rasteiro e não muito forte. O goleiro alvinegro caiu para fazer a defesa, mas a bola passou debaixo de suas mãos. O camisa 87 lamentou muito o erro cometido em um lance considerado fácil.

Bola fácil, ele errou o chute, a bola veio morta, mas acabei errando. Meu Deus do céu, e numa hora que não poderia errar”, declarou, muito abatido.

Na partida, o Atlético-MG começou em desvantagem, com um gol de Luís Fabiano logo aos 10 minutos do primeiro tempo. Os alvinegros conseguiram o empate na etapa complementar, com Josué balançando as redes. Giovanni ficou ainda mais abatido por ser uma falha no fim do jogo, sem tempo para a equipe buscar a reação.

Verdade, não podia acontecer agora, coisa do futebol, só erra quem está ali. Eu poderia arrumar milhões de desculpas, mas foi uma bola fácil que acabou entrando. Escorregou e a bola entrou, lamentável, complicado falar, um erro, não costumo errar dessa forma”, explicou.

O presidente Atlético-MG, Alexandre Kalil, usou seu perfil no Twitter para defender o goleiro. “Todo mundo erra. O Giovanni cansou de salvar o Atlético”, publicou, ainda no sábado.

Giovanni teve grandes atuações contra Criciúma, Vitória e, principalmente, Fluminence. Apesar do crédito com a torcida, ele pediu desculpas. “É lamentar e pedir desculpa para a torcida atleticana, só tenho que pedir desculpas. É treinar mais forte agora para não acontecer mais isso”, finalizou.

VAVEL Logo