Melhor da partida, Neymar divide méritos da vitória com os companheiros

Diante de Camarões e um público de 69.112 no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, Neymar foi surpreendente. No primeiro tempo, a Seleção brasileira teve dificuldades na criação do meio-campo, fazendo Felipão trocar Paulinho por Fernandinho, o que mudou o jogo. Fred também desencantou. Mas o destaque mesmo foi o camisa 10.

Os dois gols de Neymar o colocaram na liderança da artilharia da Copa, com quatro, e na quinta posição da tabela de goleadores brasileiros, com 35, atrás de Pelé (77), Zico (66), Ronaldo (62) e Romário (55). E à frente de Rivaldo (34) e Ronaldinho (33).

A vitória sobre Camarões valeu a vaga nas oitavas de final da Copa e o primeiro lugar do Grupo A. Dono de belos lances nos 4 a 1 em Brasília, Neymar foi eleito o craque da partida em votação da Fifa. Ainda assim, o jogador preferiu o caminho da humildade ao analisar a atuação brasileira no Mané Garrincha.

"Se não me engano foi a melhor partida nossa. Todos estão de parabéns pelo empenho até o final. Acho que a responsabilidade que assumo dentro da campo é de ajudar meus companheiros, de criar as jogadas. E na marcação também, todo mundo tem sua missão na equipe. E não tem ninguém mais importante. Todos são importantes", disse Neymar, que após o fim do jogo trocou sua camisa com o atacante Eto'o, que ficou no banco.

O primeiro gol de Neymar também foi o 100º da Copa do Mundo do Brasil, na 100ª partida do Brasil em Copas. E Neymar tem certeza de que a goleada funcionará como combustível importante para a partida decisiva no fim de semana.

"Nós fizemos por merecer esse placar e vamos mais confiantes, sim (para enfrentar o Chile)", afirmou o craque.

Brasil enfrenta o Chile, no sábado (28), no Mineirão, em Belo Horizonte, a partir de 13h (de Brasília). A Seleção chilena será um adversário bem mais difícil e Neymar vai precisar brilhar mais uma vez, com a ajuda novamente de seus companheiros de Seleção.

VAVEL Logo