Enderson Moreira exalta triunfo e afirma que Santos precisa melhorar sua parte mental
Treinador se irritou com pergunta de repórter (Foto: Divulgação/Santos FC)

O técnico santista Enderson Moreira ficou satisfeito com a vitória do Santos na noite deste sábado por 2 a 1 diante do Coritiba, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para que os três pontos conquistados em casa sejam ainda mais importantes para o Peixe no campeonato, o treinador afirmou que o próximo passo é conseguir uma sequência de vitórias para embalar de vez no Brasileiro.

"O que a equipe precisa nesse campeonato é de uma sequência de vitórias. É importante para o psicológico uma vitória fora, pontuar fora. Se tivéssemos conseguido empatar contra o Sport, teríamos nos aproximado da ponta. O importante é pontuar, ficar o maior tempo possível sem derrota. Se conseguirmos essa sequência, tenho certeza de que vamos crescer muito, nos encher de moral e buscar com todas as forças a melhor colocação", declarou.

Porém, mesmo estando animado com a vitória de sua equipe, em certo momento da entrevista, ao ser questionado sobre alguma possível intervenção de terceiros na hora da definição da escalação de seu time, o comandante santista se irritou, alterou o tom de voz e pediu respeito ao repórter autor da pergunta.

"Eu fico constrangido com este tipo de pergunta. Acho que você (repórter) tem de respeitar o profissional que está aqui. Eu nunca tive que dividir minha responsabilidade. O que eu faço, eu faço. Eu não sou um cara autoritário e não acho que só a minha opinião prevalece, mas dentro da minha comissão eu que defino, pego as informações e as decisões são minhas. A partir do momento que entra e se posiciona em campo, eu que tomei a decisão. Fico chateado com essa pergunta, porque dependo do meu trabalho para ter uma boa condição de vida. Esse é meu ganha pão", afirmou Enderson Moreira.

O Santos volta a campo nesta quinta-feira, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, às 20h30 (horário de Brasília), na Arena, mesmo local onde ocorreram os casos de racismo contra o goleiro Aranha em jogo válido pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com 29 pontos ganhos, a equipe da baixada está na nona colocação na tabela de classificação – pelo menos até o fim dos jogos deste domingo (14).

"A partir de agora que começo a voltar todas as minhas atenções para esse jogo. O Grêmio tem muita força dentro da Arena, tem bons atletas, tem boas expectativas. O Felipão, por ser uma referência, conseguiu mobilizar muito a torcida a favor da equipe. A partir de agora que pensamos nesse jogo. É importante que tenhamos inteligência para vencer.", concluiu o treinador santista.

VAVEL Logo