Com Robinho próximo do centésimo gol, Santos e Figueirense duelam na Vila

Objetivos distintos e novas escalações titulares nas duas equipes são o destaque do jogo entre Santos e Figueirense, valido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014. A partida, que acontece neste domingo (21), as 18h30, na Vila Belmiro, é essencial para o Peixe voltar a brigar pela vaga na Libertadores e o Furacão se afastar da zona de rebaixamento.

A irregular sequencia do Santos no campeonato faz a equipe estar numa morna nona colocação, com 30 pontos, sete atrás do Corinthians, primeiro integrante do G-4. A prova dessa campanha são seus três últimos resultados: derrota para o Sport por 3 a 1, vitória sobre o Coritiba por 2 a 1, e um empate sem gols fora de casa contra o Grêmio.

Com 26, quatro a mais que o Botafogo, primeiro integrante da zona de descenso, o Figueira só conquistou um ponto nos últimos nove possíveis na competição. O empate em 1 a 1 contra o Fluminense, a derrota para o Bahia por 3 a 0, e um novo empate no clássico contra o Criciuma por 1 a 1 preocuparam o torcedor. Uma nova derrota pode instalar uma crise no Centro Treinamento do Cambirela.

Santos vai a campo sem Edu Dracena e Arouca

Titulares absolutos, ídolos da torcida e lideres do elenco, Edu Dracena e Arouca são dois dos jogadores do Santos que mais tem tempo de casa, porém, ambos atletas serão poupados da partida contra o Figueirense para evitar lesões devido a maratona de jogos.

O Santos não contará também com o retorno do lateral Eugenio Mena, que segue com uma lesão na coxa direita. Se perde no sistema defensivo, o Peixe poderá computar a volta do atacante Thiago Ribeiro, causando uma boa dor de cabeça no técnico Enderson Moreira, que pode formar o trio ofensivo também com Gabriel, Robinho ou Leandro Damião.

Outro que volta a equipe titular é o volante Alisson, que cumpriu suspensão na partida contra o Grêmio. O jovem jogador de 21 anos é considerado o cão de guarda do time pelo forte vigor físico nos desarmes, e também no excesso no numero de cartões. Em entrevista a Rádio ESPN, o atleta contou que se espelha no volante da seleção argentina e do Barcelona, Javier Mascherano. O conselho veio do ex-técnico da equipe, Oswaldo de Oliveira.

"O Oswaldo falou que nossas (Alison e Mascherano) características eram as mesmas. Vi bem isso durante a Copa: quando a Argentina atacava, o Mascherano estava posicionado já para conter o contra-ataque, como eu faço. Ele (Oswaldo) pediu para o rapaz que edita os vídeos do Santos fazer um vídeo especial só pra mim, com os lances do Mascherano. Acho que é muito importante assisti-los e ouvir sempre as críticas. Sei que tenho que melhorar muito. Sou novo ainda, tenho muito que aprender", avaliou.

Argel Fucks ousa e monta esquema com três atacantes

No ultimo treino, neste sábado (20), o técnico do Figueirense Argel Fucks preparou um novo esquema tático para sua equipe, com três atacante. O treinador acredita que essa formação pode surpreender o sistema de defesa do Santos. Mesmo jogando fora de casa, o Furacão agora terá o atacante Pablo pelo lado direito, no lugar do volante França, e Clayton pela esquerda.

Argel agora terá também um lateral esquerdo de origem no time titular. Marquinhos Pedroso ficou um período emprestado ao Grêmio, seu nome já foi publicado no BID e o jogador de 20 anos volta já sendo titular. O lateral comemorou a volta, considerando o time do Figueirense como sua casa.

“Esse ambiente é muito familiar, conheço cada pedacinho daqui, os jogadores mesmo eu conheço 90% deles. Só me apresentei para quatro ou cinco, como falei não foi um tempo muito grande então continuei e me senti muito bem no treinamento de hoje”, elogiou.

O Santos será o primeiro dos três adversários paulistas que o Figueira irá enfrentar de maneira seguida no decorrer no decorrer do campeonato. No primeiro turno, o time de Santa Catarina não se saiu muito bem nesse “Mini-Paulistão”. Conseguiu vencer o Corinthians por 1 a 0 na primeira partida da historia do estádio do Timão, porém sofreu com derrotas para o Palmeiras por 1 a 0 e para o Santos por 2 a 0.

VAVEL Logo